Roteiro em Paris: à pé em Saint-Germain-des-Prés

Um dos bairros mais queridos dos parisienses, que é a cara da cidade e o coração de Paris. Saint-Germain-des-Prés é um lugar apaixonante tanto para quem mora quanto para quem visita. Impossível resistir às suas ruas charmosas e elegantes, aos seus restaurantes e cafés onde a grande pedida é ficar sentado nas cadeiras vendo o belo vai e vem dos pedestres, seus jardins, e claro, sua história. Foi um bairro boêmio, que atraiu nas décadas de 30, 40 e 50 muitos americanos e outros estrangeiros. Foram muitos os expatriados famosos que moraram aqui, ou que frequentavam os cafés e livrarias locais, juntamente com os redutos do Quartier Latin. O mais conhecido foi provavelmente o escritor Hemingway, que melhor definiu a capital da França: Paris é uma festa!

saint_germain_des_pr_s-e1409050049966
Saint-Germain-des-Prés, no 6º arrondissement de Paris

Como Saint-Germain-de-Prés também é uma das minhas regiões favoritas em Paris, vou dar aqui algumas dicas do que fazer no bairro. O mais gostoso é caminhar sem pressa apreciando tudo o que os olhos conseguirem capturar. Mas alguns pontos valem a pena dar uma paradinha mais demorada ou provar alguma iguaria da gastronomia francesa. Reuni esses pontos num roteiro que serve de inspiração tanto para o visitante de primeira viagem quanto para quem já conhece as redondezas.

LEMBRANDO QUE TEMOS PARCERIA COM UMA AGÊNCIA DE TURISMO EM PARIS, ATENDIMENTO EM PORTUGUÊS! QUEM VIAJAR PRA FRANÇA E PRECISAR DE TRANSFER E PASSEIOS, PODE NOS ENVIAR EMAIL QUE FAZEMOS A COTAÇÃO E  RESERVA. 

CONTATO: letouristeblog@gmail.com

mapa A
Insira uma legenda

Place Saint-Germain-des-Prés

Ponto de partida para muitos tours. Era nessa praça do bairro que os grandes filósofos Simone de Beauvoir e Jean Paul Sartre tomavam café e mantinham discussões filosóficas que resultavam em livros e teses. Parada obrigatória dos turistas, o Café de Flore e o Les Deux Magots ficam aqui, um colado ao outro. Passear por esse quarteirão é pisar em calçadas históricas. E que vista! Com a igreja símbolo do bairro como pano de fundo, a Église Saint-Germain-des-Prés, sua torre dá ainda mais charme à vizinhança.

Reserve seu hotel em Paris aqui pelo Booking.com

Booking.com

panneau-place-st-germain-pres
Típica placa de rua de Paris
DSCN1047
Église Saint-Germain-des-Prés

Ladurée

A mais tradicional e conhecida pâtisserie de Paris, tem lugar especial no meu coração. Apesar de existir uma variedade incrível de excelentes confeitarias na cidade, e macarons de qualidade que podem ser encontrados com facilidade, a Ladurée é sem dúvida um dos pontos turísticos parisienses mais procurados.

la-duree-3
A beleza dos macarons Ladurée

Nova Imagem

A lojinha de Saint-Germain-des-Prés, como se não bastasse, fica no ponto central do bairro. Quase em frente ao principal cruzamento, onde o Boulevard Saint Germain se encontra com o Boul Mich (como é chamado o Boulevard Saint Michel). Geralmente tem fila na porta, mas mesmo que não vá lanchar no belo salão de chá, vale a pena provar o macaron da casa. Esse docinho é uma pequena joia.

End.: 21, Rue Bonaparte

SANY0177
Vitrine da Ladurée na Rue Bonaparte

Faça o seguro viagem aqui no Real Seguros

seguro_viagem_geral_300x250

Le Relais de L´Entrecôte

Outro ponto tradicional de Paris e que também é possível encontrar em Saint Germain. Sim, vale a pena aguardar na fila para conseguir mesa no restaurante Le Relais de L´Entrecôte, aquele do tradicional cardápio de um prato só. O steak frites pode parecer banal, mas algo na sua receita secreta agrada muito, ninguém resiste ao molho especial. Vem acompanhado de bastante salada. Peça junto com um vinho da casa e terá a experiência completa!

End.: 20, Rue Saint Benoit

img_1005-806x453
Fachada do restaurante em St. Germain
SANY0180
O famoso prato do Le Relais de L´Entrecôte

Le Procope

Se quiser conhecer um dos restaurantes mais antigos de Paris, não deixe de ir ao Le Procope. Com a impressionante data de fundação de 1686, por aqui já passaram grandes personalidades da França de séculos atrás e da atualidade. Em suas paredes, muita história para contar, e podemos aprender um pouquinho dela através dos retratos pendurados. É um restaurante com a cara da França. Um aperitivo aqui e depois que tal cair de vez na gastronomia francesa com a dica a seguir?!

End.: 13 Rue de l’Ancienne Comédie

colagem 2

La Cigale Récamier

Técnicamente fica no sétimo arrondissement, mas está bem coladinho a Saint-Germain-des-Prés. É um restaurante conceituado, especializado em suflês. Cada um melhor que o outro, e todos surpreendentes. Para sobremesa, fui de suflê de chocolate. É necessário fazer reserva antecipadamente, pois é um pouco disputado. Depois de comer aqui, a gente passa a conhecer o verdadeiro soufflé francês.

End.: 4, Rue Récamier

colagem 3

Rue de Rennes

Uma das ruas mais conhecidas de Paris. Sua extensão é bem longa, passando por mais de um bairro. Ela termina (ou começa, dependendo da direção que se tome) no Bl. St. Germain. Separe algumas horinhas para caminhar por aqui, pois são tantas lojas e recantos pelo caminho que certamente você fará várias paradas. Lojas famosas de designers renomados, lojas de fast fashion, como a H&M com preços excelentes, hotéis tradicionais, pâtisseries de parada obrigatória, como a Maison du Chocolate, enfim, são muitas as atrações e tentações dessa rua de abastado comércio.

Rue de Rennes

Poilâne

Quer conhecer uma autêntica padaria parisiense? Visite a Poilâne. Claro que em se tratando de França, nunca será apenas uma padaria simples. Essa boulangerie tem os pães mais apreciados pelos apaixonados por gastronomia e “insiders” de Paris. Variedade incrível, fica difícil decidir o que levar. A tradicional baguete não tem erro, mas qualquer opção aqui será uma boa pedida. Depois, passe no Monoprix (67, Rue de Pologne), o melhor supercercado de Paris, também presente em Saint Germain, compre um pedaço de queijo, uma garrafa de vinho nacional e…siga para a próxima dica desse roteiro!

End.: 8, Rue du Cherche-Midi

SANY1344
Boulangerie Poilâne

Piquenique na Pont des Arts

Até uns anos atrás, a Pont des Arts não tinha se transformado num amontoado de cadeados a céu aberto. Era um lindo lugar de passagem, tranquilo, com uma vista privilegiada do Sena, com o Louvre de um lado e o Institut de France do outro. A tradição aqui era fazer um piquenique ao pôr do sol, a ponte era ponto de encontro certo de parisienses que ali faziam seu lanche despretensiosamente. Acredito que com a proibição de colocar mais cadeados, deve estar com menos frenesi. Caso não seja viável fazer seu lanchinho aqui, escolha uma das praças da região, ou algum gramado dos jardins parisienses. Se for o caso, avance um pouco mais para além do bairro Saint Germain e faça seu piquenique no jardim do Champs-de-Mars, aos pés da Torre Eiffel. O que não falta em Paris são lugares cênicos!

End.: Pont des Arts, 75006

DSCN1980
A ponte ao fundo
DSCN1982
Picnic em plena Pont des Arts
DSCN1999
Pôr do sol visto da Pont des Arts

Maison Georges Larnicol

Chocolate! Uma boutique de chocolate! Uma loja tão linda que vendo de longe sua vitrine quase parece uma joalheria. Na rua principal do bairro, o Boulevard Saint Germain, fica a Maison Georges Larnicol, uma chocolateria que deixa qualquer chocólatra maluco. Além de deliciosos, são lindos, cada um num formato diferente. Dependendo da época do ano, a loja vende caixas e chocolates especiais para o Natal, Dia dos Namorados, Páscoa etc. Na Maison você pode escolher chocolate a peso, macarons, suspiros, ou uma das barras, bombons, trufas

End.: 132, Boulevard St. Germain

colagem
Uma boutique de chocolate
filename-larnicol-jpg
Esculturas de chocolate

Na realidade, existem milhões de coisas a fazer em Saint-Germain-des-Prés e muitos cantinhos para caminhar sem compromisso. Dá para ficar falando horas só dessa região. A maioria desses pontos que destaquei são bem conhecidos dos parisienses, e nem tanto do turista comum. Mas o bairro está repleto de atrações famosas, como a Église de Saint-Sulpice, que ficou mais famosa após o filme “O Código Da Vinci”. Para quem não se sente tão familiarizado com as ruas de Paris, ou para aqueles que preferem passear acompanhados de um guia para ter toda explicação da história e significados dos prédios, da origem do bairro, que é um dos primeiros de Paris, e diversas curiosidades, uma boa opção é fazer um tour à pé. Consulte a Discover Walks para saber quais as opções de passeios no bairro. Vai ser difícil não se apaixonar por essa região que representa tão bem o lifestyle parisiense.

Nova Imagem1

 .

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

    Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

    Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easy Sim 4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

Encontre aqui a melhor cotação de câmbio

melhor-cambio


Rodapé posts 2

Anúncios

7 comentários em “Roteiro em Paris: à pé em Saint-Germain-des-Prés

  1. Adorei o post Monica!
    Eu adorei esse bairro, bem interessante e com boas opções para comer.
    Suas dicas são bem bacanas pra quem está a caminho da Cidade Luz!
    Já compratilhei o post. Com certeza será bem útil p/ um amigo que viaja nesse momento pra lá.
    Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s