Guia COMPLETO de Foz do Iguaçu

Em nossa viagem a Foz do Iguaçu passamos seis dias na cidade. Para nossa surpresa, não estava muito frio, a temperatura estava super agradável. Foi perfeito para aproveitar todas as principais atrações da cidade e pontos turísticos próximos, que incluem Argentina e Paraguai. Preparamos um Guia de Foz de Iguaçu com os pontos altos de nossa viagem, que pode ser feito num roteiro de 4 dias:

20150627_135932
As Cataratas do Iguaçu

 

COMO CHEGAR

Existem voos diretos a partir do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e outros. Nós fomos de Tam. Uma vez no aeroporto, que fica perto da cidade a cerca de 4km dos principais hotéis, o transfer particular pode ser melhor negociado do que um taxi que utiliza o taxímetro. Recomendo com ênfase a excelente Operadora Chamon, que disponibiliza transfer do aeroporto para o hotel e vários outros passeios por Foz do Iguaçu e também opera em Curitiba. Essa agência trabalha em conjunto com o Mabu Hoteis & Resorts, com a comodidade de ter um escritório próprio dentro do hotel. Os principais passeios de Foz podem ser feitos com eles, como ambos os lados das cataratas (brasileiro e argentino), a visita à Itaipú, compras na Argentina e Paraguai, jantar na Churrascaria Rafain, Centro Budista de Foz, Puerto Iguazu, Mesquita de Foz, Parque das Aves…é só programar e reservar os passeios com a agência. Testamos e comprovamos a qualidade e seriedade da operadora, todo o roteiro descrito abaixo foi realizado com a Chamon e correu perfeitamente bem. Muito mais tranquilo do que alugar um carro e se preocupar com trânsito, pedágio que agora é obrigatório, seguro também obrigatório e Carta Verde para cruzar a fronteira da Argentina e fiscalização na fronteira do Paraguai. E mais em conta também do que ir de táxi para todas as atrações e passear pelos três países.

IMG_7554
Guia Leonir Ribeiro da Chamon Tour

Nosso guia Leonir Ribeiro, que trabalha para a Chamon bem como por conta própria, busca os passageiros em carro de luxo com muito conforto e tranquilidade, além de dar toda assistência necessária. O Sr. Leonir foi nosso guia e motorista todo o tempo e nos ajudou na melhor logística de deslocamento, deu dicas de lojas e restaurantes, nos levou em casa de câmbio com a melhor cotação, nos acompanhou nas cataratas argentinas, o que fez com que a gente passeasse por lá super tranquilos e despreocupados.

Contato:

Chamon Tour Operator

E-mail: chamoncataratas@chamon.tur.br 

Tel: (45) 3529-6258

ONDE FICAR

Mabu Thermas Grand Resort
Um grande complexo com uma ótima estrutura hoteleira, principalmente para famílias com crianças. O Mabu Thermas Grand Resort, que funciona com sistema All Inclusive, é enorme, mas podemos dizer que o atendimento é personalizado e muito atencioso. Com duas piscinas aquecidas, recreadores infantis com personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, paredes de escalada, vários restaurantes, Piano Bar Villa Lobos, espaço para bebês, Spa e Centro de Bem Estar, o sofisticado (e delicioso) Restaurante Dumont – aberto ao público geral e ideal para um jantar romântico para casal acompanhado de uma excelente carta de vinhos -, e como falamos acima, um escritório da Operadora Chamon dentro do hotel para facilitar a reserva de passeios.

colagem 4
Hidro, quiosque de massagem e cachoeiras na área da piscina
IMG_7546
Piscinas aquecidas

E o grande diferencial do Mabu: uma praia termal! É um espaço muito grande que reproduz uma praia tropical com muitas palmeiras, um piso que lembra a areia da praia, águas cristalinas e sempre aquecidas a 36°C graus, provenientes do Aquífero Guarani. A estrutura oferece playground aquático, bar molhado, deck molhado,além de hidromassagem em meio a um paisagismo relaxante. Além dos quiosques do bar molhado e de massagem. Nos lounges chamados Balé Balés que são espaços privativos com atendimento vip, o hóspede pode reservar uma diária lá e passar o dia relaxando nas espreguiçadeiras exclusivas, tomando espumante e curtindo a praia em frente.

Praia e Piscinas Termais 2
Praia termal do Mabu Thermas Grand

Nos restaurantes há uma grande variedade de pratos em estilo buffet, e até cerveja e whisky estão incluídos. Lanche tropical e ceia que vai até tarde da noite, também estão incluídos. É muita fartura! No Dumont, o casal pode saborear um bom vinho e provar o menu diferenciado elaborado pelo Chef Amadeo. Nós reservamos uma noite especial no restaurante, que além de uma decoração lindíssima, tem atendimento de primeira. Fomos muito bem recebidos e fechamos a noite com um espumante oferecido pela casa.

colagem Dumont
Jantar gourmet no restaurante Dumont, do Mabu Thermas Grand

Quanto às acomodações, os quartos são muito espaçosos. O nosso tinha 2 camas de casal, vista para a praia termal, frigobar, cofre e secador de cabelos. Roupões de banho estão à disposição dos hóspedes. E como se não bastasse todas as refeições a que tínhamos direito no resort, ainda fomos recebidos com uma bandeja de frutas como boas vindas!

colagem
Quartos muito espaçosos, restaurante com buffet e as boas vindas do Mabu

Tudo isso cercado pelo verde e pelo lago de pesca do Mabu, muito grande e contemplativo. Uma festa para adultos e crianças que encontram no hotel conforto, diversão e atividades para o dia inteiro. A Rede Mabu tem investido, também, em medidas socioambientais, apoiando a preservação do meio ambiente e garantindo um contato harmônico entre o homem e a natureza. Foi por meio dessas ações que o Mabu Thermas Grand Resort se tornou em 2012 o primeiro resort do Brasil a conquistar a certificação em sustentabilidade.  Hotelaria que une conforte que conscientização ambiental!

End.: Av. das Cataratas, 3175 – Foz do Iguaçu

Hotel Harbor Colonial
Essa é uma opção para quem quer ficar mais próximo das Cataratas do Iguaçú, o hotel fica quase em frente a entrada do parque. O Harbor Colonial oferece um farto buffet de café da manhã, restaurante, piscina e área de brinquedos aquáticos para crianças, tudo com ótimas tarifas e boa relação custo x benefício.

2919797_19_z
Hotel Harbor Colonial

Além disso, o Harbor oferece gratuitamente transfer in e out do aeroporto para seus hóspedes. É um hotel que atende bem a seus hóspedes e está bem localizado.

End: Rodovia das Cataratas, km 20 – Foz do Iguaçu

Belmond Hotel das Cataratas

O hotel mais exclusivo da região e um dos melhores do Brasil, foi onde nos hospedamos na primeira etapa de nossa viagem. O Hotel das Cataratas pertence a rede Belmond, a mesma que administra o Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Sabemos que isso significa tradição, requinte e glamour.

IMG_7270AA
Fachada do Belmond Hotel das Cataratas
colagem
Pôr do sol nas Cataratas visto do hotel

Com duas piscinas aquecidas, Spa, torre de observação, bar e restaurante, é um hotel completo na melhor localização possível.

IMG_7102
Uma das piscinas do Hotel das Cataratas

Leia aqui nesse post nossa matéria exclusiva com todos os detalhes sobre esse hotel com vista direto para as Cataratas do Iguaçu, sendo este o único que fica situado dentro do Parque Nacional de Iguaçu.

End.: Rodovia BR 469, Km 32 – Parque Nacional de Iguaçu

O QUE FAZER

Cataratas do Iguaçu – Brasil
A principal atração de Foz foi a primeira que visitamos. Como nos nossos primeiros dias na cidade estávamos hospedados no Hotel das Cataratas, tivemos a facilidade de visitar as quedas quantas vezes desejamos. Um baita privilégio. Uma das novas Sete Maravilhas do Mundo, com 2.700m de largura, foi descoberta em 1542 pelo espanhol Alvar Nuñez Cabeza, recebendo primeiramente o nome de Saltos de Santa Maria. Somente no século XIX é que chamaram a atenção para que o lugar passasse a ser protegido ao mesmo tempo em que sua divulgação era incentivada para que todos pudessem contemplar essa maravilha. Uma das personalidades ilustres que mais incentivou a criação do parque foi Santos Dumont, por esse motivo há uma estátua em homenagem ao aviador dentro do parque.

IMG_7191
Cataratas do Iguaçu vista do início da trilha

Dessa forma, no século XX foram criados os dois Parques Nacionais em tono das quedas d´água. O Parque Nacional do Iguaçu, no lado brasileiro, foi criado então em 1939, considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 1986. É de uma grandiosidade e beleza difícil de pôr em palavras. Com vasta e rica biodiversidade, não há como não se encantar com os quatis, tucanos, gralhas azuis, borboletas e muitos outros bichos que vivem ali. Vimos até veadinhos nos arredores. A onça pintada, o jacaré de papo amarelo e o gavião real são algumas das espécies típicas da região e que infelizmente estão ameaçadas de extinção.

colagem
As Cataratas vistas de cima e de baixo pelo nível da Garganta do Diabo

Uma vez dentro do parque, cuja entrada custa R$32,00, e o ônibus que leva até seu interior (para aqueles que não estão hospedados dentro do Hotel das Cataratas) custa R$8,00, o itinerário comum é seguir a trilha que percorre a mata com toda segurança até chegar na passarela que leva à parte inferior da impressionante Garganta do Diabo. Leve uma capa de chuva porque a força da água certamente fará com que você se molhe. Protetores para câmeras e celulares ou câmeras à prova d´água também são necessários e fundamentais para poder ficar ali por alguns minutos registrando e apreciando a inigualável paisagem, admirando o arco íris que sempre se forma diante das quedas, observando ao longe o lado argentino das cataratas e agradecendo por estar num lugar assim!

IMG_7226
A passarela que leva à Garganta do Diabo

Para percorrer essa trilha até a passarela, levamos cerca de 1 hora e meia, 2 horas, já que paramos muitas vezes para fotografar. No meio do caminho existem diversos guarda corpos com uma visão estratégica das cataratas. É um passeio muito agradável que qualquer pessoa de qualquer idade pode fazer. Após sair da passarela, há ainda um mirante de onde podemos ver de outro ângulo as quedas d´água. Também é um ótimo ponto para fotos e selfies! E logo após, um elevador panorâmico leva a um espaço bem estruturado com banheiros, lojas de souvenir e o único restaurante local, o Porto Canoas. Funciona através de buffet pelo preço de R$58,00, sem incluir bebidas e sobremesa. Provamos e aprovamos. Comida farta e muito variada, um feijoada completa irresistível e a vista panorâmica do rio Iguaçu que é outro ponto forte dentro do parque.

IMG_7254
Restaurante Porto Canoas

Da varanda do restaurante podemos ficar horas contemplando o cenário que parece tão calmo nessa parte do rio. Dá pra ver bem o lado argentino com sua bandeira erguida e a passarela principal, e o barco que faz um passeio que chega muito perto do cânion onde as águas caem e aí sim formam uma força incrível da natureza. Que lugar sensacional são as Cataratas do Iguaçu!!! Outros passeios oferecidos são o Macuco Safari, um barco que segue pela parte inferior do rio durante 2 horas e chega próximo das cascatas, deixando todos os passageiros bem molhados, o sobrevoo de helicóptero que permite ver toda a região do alto e de um ângulo exclusivo de todo conjunto das cataratas, a Trilha do Poço Preto, de 9 km, que pode ser feita à pé ou de bicicleta, e o rafting pelas corredeiras, para citar os mais procurados.

IMG_7158
Barco do Macuco Safari

Que bom que nós estávamos num lugar tão especial hospedados dentro do parque, e assim não precisamos nos despedir das cataratas após esse passeio. Uma das grandes maravilhas da natureza merece mesmo ser contemplada de dia, à tarde e à noite e foi exatamente o que fizemos!

Dica: Nunca é demais repetir que é preciso visitar as cataratas com roupas confortáveis, como tênis e casacos impermeáveis, levar água, passar repelente e admirar e fotografar o quanto quiser os animais, mas jamais alimentá-los. Os quatis vão insistir em roubar algum pacote de biscoito que um turista desatento pode ter na mão, mas além do contato perigoso para os visitantes, esse tipo de comida faz mal aos bicihnhos.

Parque das Aves
A entrada fica exatamente ao lado da entrada das cataratas Para quem se hospeda lá, como foi o nosso caso, dá para ir à pé. Para brasileiros a entrada custa R$24,00. Esse parque é um verdadeiro tesouro, permitindo a todos ficar tão próximo de aves belíssimas e raras. Centro de resgate, abrigo e conservação, o Parque das Aves é único em sua categoria.

colagem 2
Entrada do parque, viveiro com espécies do Pantanal, Tucano do Bico Verde, Coruja e Íbis Escarlate e Arara Guacamaya

É o maior viveiro do mundo especializado em araras. Em nenhum outro lugar podemos ficar tão próximos delas enquanto elas voam de um lado para o outro com vigor, liberdade e beleza, num espetáculo de cores no ar! São mais de 1100 animais e mais de 140 espécies, de jacaré à gibóia. É impressionante, por exemplo, ver a imponência (e o tamanho) do Gavião Real. Logo na entrada vemos uma porção de flamingos e íbis escarlate, mas isso não é nada perto de tudo o que presenciamos nesse espaço. Aves enormes soltas, à vontade em seu habitat natural, tucanos de vários tipos, inclusive o raro tucano de bico verde, as delicadas ararajubas e os ameaçados papagaios de peito roxo.

IMG_7383 AA
Grou Coroado
IMG_7417
Tucano de Bico Amarelo

Normalmente esse passeio é feito em 2 horas por uma trilha demarcada, o visitante fica à vontade para fazer o percurso no seu próprio ritmo. A beleza desses animais emociona. O contato com eles ensina crianças e adultos. Uma oportunidade única de ver uma fauna rica, rara, belíssima. Esse passeio é imperdível!

End.: Rodovia das Cataratas, 12450 – Foz do Iguaçu

 

Puerto Iguazu, Argentina

Onde comprar:
Duty Free
Um dos maiores free shops que existe, é lindo, tanto do lado de fora com sua bonita fachada espelhada, quanto por dentro. Muito bem organizado com várias lojas das principais marcas, o visitante encontra ali tudo o que deseja. Roupas, bolsas, cosméticos, eletrônicos, chocolates. Pena que o dólar pra gente não está nada favorável. Fica bem ao lado da entrada da fronteira entre Brasil e Argentina. Quem se animar com as compras deve apenas ficar atento ao limite da cota de 150 dólares para não pagar multa na hora de voltar para casa.

IMG_7553
Duty Free de Puerto Iguazu
20150628_171818
A bonita entrada do Duty Free

Dica: No aeroporto de Foz do Iguaçu, antes mesmo do passageiro passar pelo check in ele deve obrigatoriamente passar pela alfândega da Receita Federal, onde bagagem de mão e malas são vistoriadas para verificar se a cota não foi ultrapassada. Portanto, calcule bem o que pretende comprar.

Onde comer:
Puerto Iguazu é m lugar muito gostoso na Argentina para passear à noite e jantar. A Av. Córdoba e Av. Missiones tem vários barzinhos e restaurantes charmosos, como La Rueda, Aqva, Doña Maria, Color Pizza e o nosso escolhido: A Piacere, especializado em parrillas. Super agradável com ambiente interno e ao ar livre, foi ótimo tomar um bom vinho argentino Malbec e comer uma “picada completa“, que são aperitivos com queijos, frios, azeitonas, pastinha…

colagem 2
Puerto Iguazu: restaurante A Piacere

Realmente não me animei a ir no popular El Quincho del Tío Querido porque considero muito turistão e manjado. Gosto de conhecer lugares diferentes, descobrir novos points e frequentar lugares menos “pega turista”. Em Puerto Iguazu existem também alguns cassinos, para aqueles que curtem jogar. E um dos pontos mais interessante é o Marco das Três Fronteiras. Dê uma passada lá para a clássica foto no obelisco e para ter uma visão completa dos 3 países separados pelo rio: Brasil, Argentina e Paraguai.

IMG_7559
Obelisco da Argentina no Marco das Três Fronteiras

Na famosa Av. Brasil, ficam os barzinhos mais simples, e é onde fica a chamada Feria de Puerto Iguazu (Feirinha de Puerto Iguazu) com mesinhas de bares  de rua não muito atraentes. Existem várias lojinhas, uma seguida da outra, onde é fácil encontrar ótimos produtos argentinos com bons preços. Na loja Trebol há ofertas de dulce de leche a azeitonas, torrones, chocolates, alfajor e excelentes vinhos por preços convidativos, inclusive vinhos da região de Mendoza. Podemos pagar em reais ou pesos argentinos. Comprei vinhos na faixa de R$12,00.

Dica: Quem comprar garrafas de vinho pode embarcar com elas na bagagem de mão sem preocupação, já que o voo é doméstico.

É sempre bom lembrar também que para entrar na Argentina é preciso apresentar um documento atual com foto ou o passaporte. Levei meu passaporte que foi devidamente carimbado, contabilizando só esse ano 3 viagens à Argentina!

Ciudad del Leste, Paraguay

Onde comprar: Quem pretende fazer compras no Paraguai deve fugir das barraquinhas e ambulantes de rua. Além da confusão e sujeira nas calçadas, o assédio é grande e os produtos são falsificados. Mas há bons shoppings na cidade e neles além de poder conseguir preços bons, os itens são autênticos. Há até um shopping super luxuoso, a S.A.X. Palace, na Av. San Blás 136. São 7 andares com lojas de grifes famosas, muito bom gosto na decoração, um espaço todo dedicado a produtos gourmet e restaurantes requintados. Roupas da Gucci, Fendi, Tommy Hillfiger, bolsas Mickael Kors, Guess, e marcas esportivas como Ferrari podem ser encontradas ali. Comprei alguns cosméticos (existe uma grande oferta de produtos para cabelo nas lojas) na loja Infinity, onde as vendedoras sempre negociam algum desconto.

20150629_091436

Já no Shopping Del Leste, depois de pesquisar os preços em algumas lojas, escolhi a Macedonia para comprar perfumes com bons descontos. Só não nos animamos a comprar mais porque o câmbio para os brasileiros está péssimo. Uma pena. Mas como já havia consultado outras lojas e vi que tanto no Duty Free do aeroporto do Rio como no Duty Free de Puerto Iguazu o preço estava mais caro, nessa loja do Paraguai comprei, por exemplo, perfumes Roberto Cavalli e Calvin Klein por cerca de 30 dólares. A Macedonia também existe em outros endereços, mas dentro do shopping considero mais tranquilo e agradável comprar.

20150629_091001
O luxuoso shopping S.A.X. em Ciudad del Leste

Outro shopping bastante tradicional, bonito e bem organizado é o Monalisa.  Com vários andares, é um lugar tranquilo com marcas internacionais. Relógios e jóias Bvlgari, Guess, Mickael Kors, onde também é possível conseguir desconto nas bolsas para pagamento em dinheiro, uma loja da Victoria´s Secret, um quiosque da Body Shop, lojas de eletrônicos e um andar somente para roupas. Um agradável café no terceiro andar pode ser uma ótima opção para almoçar. Lembrando que na Ciudad del Leste existem também os famosos Shopping China e Shopping Americana, porém não vi nada que valesse a pena, acho esses centro comerciais confusos e com muita bugiganga.

Onde comer: Depois de rodar por várias lojas de departamentos e shoppings, inevitavelmente bate a fome. Como retornar do Paraguai ao Brasil pode levar algum tempo, dependendo do trânsito na Ponte da Amizade, é uma boa parar para almoçar antes de ir embora. Um lugar onde comemos rapidamente e que apresenta o cardápio todo em reais é o Del Fuego, no Shopping Del Leste. Pratos muito bem servidos, comida saborosa e com bom preço. Bife de chorizo, filé mignon ao molho madeira, frango, massas e sanduíches são algumas das variedades. Para uma refeição mais demorada e sofisticada, o ponto certo é o italiano Santa Paola especializado em pizzas. O ambiente é lindo e lembra mesmo alguns recantos italianos. No salão do restaurante, mesas muito bem arrumadas com vista para o rio Paraná, que proporcionam uma tarde agradável no Paraguai.

20150629_091720
Restaurante Santa Paola no Paraguai

Hidrelétrica Binacional de Itaipu

A pedra que canta! Esse é o significado da palavra Itaipu, nome dado à usina devido a uma das pedras que ficava no rio Paraná. Essa grandiosa obra da engenharia merece ser visitada, é impressionante e sua importância é imensa para o Brasil e o Paraguai, os dois países que construíram a maior hidrelétrica do mundo na década de 70. Muito bem organizada, o complexo é tão grande que somente com a visita guiada através de um ônibus panorâmico podemos entender sua complexidade. O ingresso custa R$27,00.

colagem 3
O vertedouro de Itaipu e o Porto Kattamaram

Durante o tour chegamos bem perto do vertedouro e das turbinas. Também assistimos a um filme que conta toda a história da construção da barragem e todas as ações de sustentabilidade feitas pelos dois países. No caminho, muitas cutias fofas passeiam pelo verde e árvores ao redor. São feitas 3 paradas ao longo do passeio com tempo suficiente para fotografar. A última parada é no Porto Kattamaram, onde podemos comprar o ingresso (R$60,00 por pessoa) para ingressar no barco que faz uma viagem de cerca de 1 hora pelo rio Paraná. Num dia  bonito de céu claro vale a pena fazer esse passeio no fim da tarde para apreciar o pôr do sol belíssimo visto diretamente do rio.

Parque Nacional del Iguazú- Argentina

Criado em 1934, foi reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade em 1984. Está unido ao lado brasileiros das cataratas pelo rio Iguaçu, que faz a fronteira natural entre esses países. O diferencial entre o lado argentino e o brasileiro é a proximidade com a qual ficamos da Garganta del Diablo, já que aqui a visão que temos é superior, enquanto que no lado brasileiro a visão é da parte inferior das quedas.

SAM_7405

É uma experiência muito marcante e impressionante. A estrutura do parque é excelente, muito bem organizado, com vários gift shops e uma lanchonete em frente à estação de trem onde se come uma das melhores empanadas argentinas! Essa vale a pena mesmo, especialmente a de milho e a de frango. Falando em preço, a entrada custa 200 pesos, somente a moeda argentina é aceita aqui, portanto, é preciso trocar os reais por pesos numa boa loja de câmbio antes de visitar essa atração. O estacionamento do parque também só pode ser pago em pesos. Esse ingresso dá direito a pegar o Trem La Selva, que sai a cada 30 minutos e leva até a passarela que permite alcançar a Garganta.

colagem trem
Estación Cataratas

O trem para no início da passarela, que tem cerca de 1.700m, a partir daí caminhamos até o final dela. Outra opção é começar o passeio pela trilha Sendero Verde, onde caminhamos cerca de 10 minutos em meio a floresta. É uma caminhada muito tranquila e uma boa oportunidade de observar a flora e fauna local, que inclui uma região pantanosa. Depois dessa trilha curta, inevitavelmente é preciso pegar o trem para continuar. Assim como no lado brasileiro, é preciso capa de chuva para ir até a Garganta del Diablo. A sensação que tive era a de que a grande queda nos atrai, vamos seguindo pela passarela, passando bem no meio do rio e avistando antigas passarelas que foram levadas pela força das águas, e mesmo assim seguimos ansiosos a ficar cara a cara com o grande cânion.

colagem falls
A passarela que leva ao cânion

Quando finalmente chegamos a visão é quase hipnotizante. É uma força muito grande gerada pela queda, a quantidade de água é extraordinária. Os visitantes podem ficar tão pertinho e ter um ângulo de visão tão privilegiado, que realmente ficamos encharcados. O vapor da água muitas vezes parece mais pingos de chuva caindo em nosso rosto. Mas nada disso desanima e a vontade é de ficar ali sentindo aquela água no corpo e admirando o espetáculo da natureza.

SAM_7392 AA
Diante da Garganta del Diablo

No Parque Nacional del Iguazú há mais uma passarela que passa por cima do outro lado das quedas, de lá vemos bem o lado brasileiro. Essa passarela é menor e dá para percorrer em cerca de meia hora. Outra trilha possível é o Sendero Macuco (macuco é um tipo de ave da região), ideal para quem gosta de praticar trekking, e também o passeio à Ilha San Martín, que leva 2 horas cruzando o rio em lanchas motor. É considerado de dificuldade elevada, não recomendável para crianças. Quem for à Foz do Iguaçu não deve deixar de visitar também o lado argentino das cataratas, são duas experiências completamente diferentes, mas as duas são essenciais para compreender a grandeza dessa Nova Maravilha do Mundo!

Centro Budista de Foz de Iguaçu

E o último passeio que fizemos na cidade foi visitar um lugar de serenidade, onde todos são bem vindos. O Centro Budista de Foz fica em uma região um pouco mais elevada num bairro chamado Jardim California, permitindo ter uma visão ampla da Ciudad del Leste, no Paraguai. Com cerca de 120 estátuas budistas gigantescas espalhadas pelo jardim, cada uma com seu significado. Destaque para a estátua de Buda com 7 metros de altura. O pano de fundo é o templo, onde os visitantes só podem entrar numa pequena área. Nesse espaço, não é permitido falar, fotografar ou filmar. É um momento para introspecção. Um programa diferente que vale a pena para sair do lugar comum e pela beleza transmitida por essa filosofia milenar. O local abre somente de terça a domingo das 9h30 às 17h e a entrada é gratuita. Por estar afastado do centro, o ideal é ir com uma agência de turismo. Como nós estávamos o tempo todo acompanhados pela Operadora Chamon, fizemos essa visita com toda tranquilidade na parte final da tarde, já entrando num ritmo mais relaxado para depois chegar no hotel e descansar. Foi o encerramento perfeito para um roteiro que saiu exatamente como planejamos!

colagem Buda 2

End.: Rua Doutor Josivalter Vila Nova, 99 – Foz do Iguaçu

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

    Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

    Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

Encontre aqui a melhor cotação de câmbio

melhor-cambio


Rodapé posts 2

Anúncios

10 comentários em “Guia COMPLETO de Foz do Iguaçu

  1. Que lugar maravilhoso Mônica, adorei as dicas e as fotos ficaram uma mais linda que a outra. Uma paisagem exuberante que fica no nosso Brasil ❤ Ainda não tive a oportunidade de conhecer Foz do Iguaçu, o que é uma vergonha para uma brasileira que tanta gosta de natureza (mas o farei assim que possível)

    Um grande abraço

  2. Olá pessoal
    O Blog está super legal fico feliz em saber que vocês gostaram, sou daqui de Foz e concordo com as informações, está ótimo!! Parabéns!!!
    Sou guia de turismo, tenho uma van bem confortável, e trabalho com passeios para todos os Parques até para as famosas compras no Paraguai. Os preços são bem legais, sem falar na qualidade do atendimento,
    (consulte no tripadvisior Iguassu Life Tour)
    òtimas dicas sobre os passeios, restaurantes e tudo mais, vou deixar meu contato para que vocês:

    Guia Nilsa: 45 991083151 vivo e whats email:iguassulife@gmail.com
    Será uma grande alegria poder atende-los.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s