Pousada Refúgio Mamanguá, imersão total na natureza com o selo Circuito Elegante

A Pousada Refúgio do Mamanguá fica localizada no Saco do Mamanguá, a 40 minutos de barco de Paraty-Mirim (Rio de Janeiro). É um lugar praticamente intocado, de alma caiçara, onde a natureza reina. Não é à toa que a pousada leva a palavra refúgio no nome, pois quem vai para lá se isola do mundo e tem uma grande oportunidade de desconectar totalmente. Mas nem por isso o conforto não se faz presente. Integrante do Circuito Elegante, a pousada carrega esse selo de qualidade por oferecer a seus hóspedes uma experiência única, com muita qualidade e personalidade.

untitled
As águas claras do Saco do Mamanguá, próximo de Paraty-Mirim

Acomodações de frente para o mar

c360_2016-09-27-16-08-06-294
O acesso ao Refúgio Mamanguá é feito pelo mar
colagem2
Nosso quarto com varanda no Refúgio Mamanguá
untitled1
Quartos com varanda e rede

Os quartos do Refúgio Mamanguá seguem a linha clean, com o mais importante para que a gente tenha conforto total compondo seu interior: uma cama macia e gostosa, um chuveiro potente e quentinho e um armário. Apesar de ser um quarto bem básico, tem seu charme próprio e está em harmonia com o estilo rústico e charmoso da pousada. O que pode ser melhor numa decoração do que janelas que dão diretamente para o mar? No Mamanguá é assim, o mar é o grande anfitrião. E para podermos aprecia-lo ainda mais, na varanda do quarto há uma rede convidativa, uma esteira de palha e almofadas.

Preservação da natureza

colagem
A pousada está cercada por um rico ecossistema
img_20160929_063118332_hdr
Nascer do sol visto da varanda de nosso quarto

Aliás, objetos de palha estão por toda parte, desde luminárias até o deck com esteiras de frente para o mar, tudo com um certo ar balinês. Mas o espírito desse lugar é mesmo caiçara. São os barcos que nos levam e buscam na pousada, que levam até os restaurantes dos pescadores nas proximidades, e que trazem mantimentos. O cuidado com o meio ambiente ali é meticuloso, até as toalhas e jogos de cama são lavados fora da pousada, para que não haja o mínimo de poluição no mar. E aí mais uma vez o trabalho de leva e traz fica por conta dos barcos. Um esforço que demonstra toda a preocupação do dono da propriedade, o biólogo Paulo Nogara, com a preservação da região. Paulo também se dedica a fazer com que o trabalho da comunidade caiçara seja valorizado, promovendo a sustentabilidade dos moradores (dessa forma, a pousada não serve almoço e indica os restaurantes locais).

Tradição caiçara

colagem
Tudo no Saco do Mamanguá é feito de barco

Reserve aqui pelo Booking.com

Booking.com

Os caiçaras estão no Mamanguá desde a época da colonização, quando a miscigenação entre índios, escravos e portugueses deu origem a esse povoado. Portanto, há séculos eles são os guardiões dessas terras e desse mar. Por sinal, a formação geológica do Saco do Mamanguá, que faz com que o mar fique entre uma espécie de vale, dá a ele a característica de um tipo de fiorde tropical. Guardadas as devidas proporções, lembra mesmo um fiorde, mas na realidade é uma ria, já que fiordes são muito mais profundos e tem origem glacial. Navegar por ali é algo muito prazeroso.

Passeios

colagem
Passeio na canoa canadense

Por essa razão, a pousada aposta nas atividades aquáticas. Incluídas na diária, as canoas canadenses são um convite a um passeio tranquilo. Remar pela costa da pousada até quase o fim do Saco exige pouco esforço, tem várias prainhas desertas no trajeto.

20161019_151344
Prainhas do Saco do Mamanguá
20161019_151336
Muitas praias da região são desertas

Outras opções de lazer podem ser contratadas na hora, como stand up paddle (40 reais), guia local (120 reais por dia), bote para mergulho na Ponta do Buraco  (300 reais por 3 horas para 4 pessoas) e passeio de barco até Paraty (500 reais por 5 horas para 8 pessoas) Existem diversas opções de trilhas que levam inclusive a um restaurante próximo, indicado pela pousada como local de almoço. A trilha principal dura 1h30 de subida, levando até o Pico do Pão de Açúcar. Lá do alto a vista panorâmica permite observar bem o formato do Saco do Mamanguá.

Gastronomia

colagem4
O café da manhã é servido num ambiente alegre e colorido

Depois de um dia de contemplação, descanso, ou de passeios pelo mar, o Refúgio do Mamanguá reserva aos hóspedes mais um momento especial: o jantar incluído na diária. A comida é muito apetitosa e o atendimento é personalizado e carinhoso. Não há cardápio, o chef André prepara a cada dia uma entrada, prato e sobremesa diferentes, e sempre acerta. Ao mesmo tempo que apresenta pratos sem muita complicação, ele dá um toque diferente à cada um deles. Um bom exemplo foi o arroz de sete grãos com camarão no shoyo e creme de batata baroa com wasabi. Uma criação perfeita, feita com camarões frescos pescados lá mesmo. Tudo em meio à luz de velas, a brisa do mar, o escurinho da noite e o som dos grilos.

colagem3
Jantar incluído na diária, exceto bebidas

A gente sente que está mesmo distante de tudo, assim somos obrigados a prestar mais atenção na natureza. Ou seja, o Refúgio Mamanguá nos dá a chance de diminuir o ritmo por alguns dias, nos integrarmos ao meio ambiente e prestar mais atenção em nós mesmos!

Como chegar

Para ir até a Pousada Refúgio do Mamanguá é preciso seguir estrada até Paraty e de lá seguir as placas para Paraty-Mirim. São cerca de 7km de estrada de terra em boas condições, mas uma parte está sendo asfaltada. Siga até a prainha onde diversos carros estão estacionados. Esse é o local onde se deve deixar o carro, pagando uma diária de 10 a 30 reais pelo estacionamento. No pier do local saem os barcos que fazem o transfer diretamente para a pousada, sempre em dois horários, 14h30 ou 16h30. O retorno deve ser combinado diretamente com o barqueiro.

colagem1
O píer de onde o barco tipo “baleeira” parte para nos levar até a pousada

Atividades extras

Todas as atividades extras disponíveis na pousada devem ser reservadas. Não há sinal de telefone no Mamanguá, por isso não é possível pagar com cartão de crédito, é necessário levar dinheiro.

aaa
Em frente á pousada tem um deck e prainha que dá para curtir e tomar sol

Dica
Como no Saco do Mamanguá não há sinal de telefone celular, somente alguns aparelhos da Vivo funcionam, mas no geral não há sinal, nem mesmo de wi fi, que não é oferecido pela pousada. Também não há televisão nos quartos, a dica é levar um bom livro para ler.

untitled8

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

    Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

    Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easy Sim 4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

Encontre aqui a melhor cotação de câmbio

melhor-cambio

 


rodape-posts

Anúncios

2 comentários em “Pousada Refúgio Mamanguá, imersão total na natureza com o selo Circuito Elegante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s