América do Sul, Argentina

O que fazer em Mendoza, Argentina: principais atrações

O que fazer em Mendoza, Argentina: principais atrações – Mendoza, no oeste da Argentina, é famosa por ser uma das principais capitais de vinho, mundialmente reconhecida. Visitar a região, dividida em Lujan de Cuyo, Maipú e Valle de Uco, e degustar os diversos rótulos, com destaque para o Malbec, é uma viagem muito prazerosa. São mais de 1.200 vinícolas (nem todas turísticas), e 70% da produção de vinho da Argentina vem de Mendoza. Mas esse post traz mais do que isso. O que fazer em Mendoza, Argentina: principais atrações, traz como sugestões outros passeios que fazem de Mendoza um ótimo lugar para passar de 5 a 7 dias, com atividades diversificadas e paisagens de cair o queixo. Desde termas naturais a ficar cara a cara com o Aconcágua, o pico mais alto das Américas, os passeios são empolgantes. Confira então O que fazer em Mendoza, Argentina: principais atrações.

Paisagens de Mendoza às margens da Cordilheira dos Andes

O que fazer em Mendoza, Argentina: principais atrações

Visita a vinícola Bodega A16

Essa é uma vinícola boutique localizada em Lujan de Cuyo, Mendoza, com produção menor e vinhos considerados verdadeiras joias. A visita normalmente inclui degustação e almoço, onde podemos saborear vários rótulos. A propriedade é belíssima, já na chegada somos recepcionados por gigantescos barris de madeira que nos levam até a sede principal.

Chegando na Bodega A16

Ali também fica o local de produção, onde tecnologia de vanguarda é empregada e onde aprendemos sobre o tipo de fabricação e os tipos de vinhos.

Vinho Rosé Malbec

O almoço não poderia ser num ambiente mais agradável. Uma delícia provar os vinhos harmonizados com os pratos do chef Pepe Sicardi com a bela paisagem das vinícolas como pano de fundo.

O almoço começa com empanadas argentinas, azeitonas da região e escabeche de frango
Almoço e degustação na Bodega A16
Almoço no tour à Bodega A16

Na Bodega A16 – que tem esse nome por simbolismo, já que palavras como amor e amizade começam com A (em espanhol assim como em português) e o número 16 significa o infinito – há também uma fonte muito bonita no meio dos jardins, em frente às parreiras, com 12 estátuas representando os apóstolos.  Cenário lindo, até raposa nós vimos por lá.

Jardins da Bodega A16
Bodega A16 em Mendoza

O visitante pode aproveitar para comprar alguns dos rótulos degustados. O Auge Malbec Rosé, por exemplo, custa cerca de 190 pesos (cerca de 30 reais), e outros rótulos podem chegar a 320 pesos.

Informações:

Ruta 7 y Calle Cobos – Lujan de Cuyo

E-mail: turismo@a16sa.com.ar

 

The Vines Resort & Spa

Localizado no Vale do Uco, o The Vines Resort & Spa oferece diversas opções ligadas ao vinho e ao que a região tem de melhor. São aventuras que variam desde degustações de vinhos em boutique e vinícolas consagradas até uma culinária regional requintada, além de caminhadas, passeios a cavalo ou até pescaria nos Andes. Uma das experiências é a gastronomia do restaurante Siete Fuegos de Francis Mallmann onde se destaca a carne argentina. Ainda na área gastronômica, é possível aprender a fazer empanadas, uma das delícias típicas da Argentina, ou fazer seu próprio blend de vinho com diferente varietais, além de agendar degustações na própria vinícola da The Vines.

The Vines Resort & Spa do Leading Hotels of the World

A The Vines apresenta também passeios à cavalo que terminam com um pôr-do-sol deslumbrante da montanha na reserva Manzano Historico de Mendoza. O entardecer em Mendoza é sempre belo, mas se o visitante preferir, também pode fazer o passeio ao nascer do sol.

Pôr do sol no The Vines

São inúmeras as atividades organizadas pelo The Vines Resort & Spa, todas devem ser reservadas com antecedência. Com selo de qualidade do Leading Hotels of the World, esse luxuoso resort é uma atração por si só em Mendoza. Quem se hospedar ali ainda pode aproveitar para contemplar todo esse cenário com meditação e ioga.

Informações:

www.vinesresortandspa.com

www.lhw.com

55 (11) 3171-4000 (Grande SP); 0800 014 1819 (demais regiões)

 

Bus Vitivinícola

O passe para o ônibus do tipo hop on hop off pode ser adquirido online ou presencialmente no Centro de Informações Turísticas de Mendoza. O trajeto percorre os caminhos do vinho e rotas gastronômicas de Lujan de Cuyo, Tierra Malbec, Maipú e Valle de Uco. AS opções de tours são em trajeto de dia inteiro, (corre das 8h35 às 18h), meio dia com saída de manhã (8h35 às 14h15), ou meio dia com saída à tarde (14h15 às 18h). No tour integral são visitadas 4 bodegas e nos demais, 2 bodegas, todas com degustação incluída. As saídas começam as partir do Centro de Informações Turísticas.

Ônibus hop on hop off em Mendoza

Os valores são de 550 pesos argentinos a 650, há ainda um passeio de dia inteiro até o Valle de Uco (um pouco mais distante) que custa 850 pesos. Para valores de degustações com almoço, consultar o CTI ou o site.

Informações:

www.busvitivinicola.com

Centro de Informações Turísticas II (CTI) – Garibaldi y San Martin, Ciudad de Mendoza

 

Termas de Cacheuta

Um lugar paradisíaco em Mendoza dentre as opções do que fazer em Mendoza, Argentina, principais atrações. O Hotel & Spa termas de Cacheuta, com sistema all inclusive,  fica encravado nas montanhas. As piscinas naturais que elas formam, onde a água pode chegar numa temperatura de 42 graus, são como uma extensão da paisagem. É uma combinação belíssima. As piscinas, chamadas de pilletas, são feitas com pedras e além das diferentes temperaturas, algumas possuem também uma ducha natural que age como hidromassagem.

Hotel Spa Termas de Cacheuta
O circuito inclui piscinas naturais com duchas e outras de frente para as montanhas
As diversas naturais ficam em frente ao Rio Mendoza

Quem não está hospedado pode aproveitar o Termas Spa Full Day, com acesso a todas as termas e à sauna natural, que fica diretamente nas rochas abaixo do nível da terra. Incrível. Também é possível agendar massagens no spa e desfrutar do restaurante com um buffet super completo, incluindo sobremesa. Pode ser contratado o serviço de traslado que passa diretamente no hotel em Mendoza.

Termas de Cacheuta e sua paisagem deslumbrante

Passar o dia no Hotel & Spa termas de Cacheuta é altamente relaxante, além de fazer bem para a saúde. Alternar entre as piscinas com diferentes temperaturas, algumas mais frias outras mais quentes, tem ótimos efeitos medicinais. Faz muito bem também a fangoterapia – terapia com lama – disponível no mesmo local onde estão as termas. Recomenda-se utilizar no rosto e em todo corpo, e, após secar ao sol, a máscara de argila é retirada com jatos de água natural que agem também como hidroterapia.

Termas de Cacheuta em Mendoza, Argentina
Fangoterapia no Hotel Spa Termas de Cacheuta
O hotel conta também com uma grande piscina natural aquecida

Informações:

Ruta Provincial 82 Km 39

E-mail: reservas@termascacheuta.com

+ Transfer de chegada no aeroporto de Mendoza

 

Tour Alta Montaña

Fizemos esse tour com a Operadores Mendoza, agência especializada em passeios por toda a região. Esse circuito pelas Cordilheiras dos Andes é um dos grandes destaques de Mendoza, já que o ponto alto do tour é a visita ao Parque Provincial Aconcágua, onde podemos admirar a majestosa montanha, a mais alta da Cordilheira dos Andes, apelidada de Teto das Américas. É um passeio visual de tirar o fôlego, com paisagens grandiosas sempre em meio às montanhas que margeiam a Ruta 7.

Potrerillos, Mendoza

São feitas diversas paradas durante o passeio que dura o dia inteiro saindo de Mendoza (buscam e deixam no hotel). A primeira é em Potrerillos cujo dique forma um lago que nos dá ideia dos cenários magníficos que teremos pela frente. 

Depois, ao passamos pelas Rutas Sanmartinianas, fazemos uma parada para fotos junto a uma ponte de pedra que simboliza o caminho percorrido pelos incas em épocas anteriores, chamada de Puente Histórico Picheuta. A paisagem contrastante das montanhas com o Rio Picheuta rende diversos registros. A importância histórica da rota foi ter sido utilizada como passagem pelo General San Martin em 1817 para atravessar a Cordilheira dos Andes em sua campanha pela independência da América espanhola.

Chegando as Rutas Sanmartinianas
Rio Picheuta
Puente Histórico Picheuta

Seguimos para o Monumento Natural Puente del Inka a 180km de Mendoza. Trata-se de uma impressionante formação geológica rica em minerais que também formava termas naturais medicinais, passando pelo Rio Cuevas, que a partir desse limite se chama Rio Mendoza.

Antigamente, esse local abrigava um hotel de luxo onde os hóspedes tinham acesso individual às termas. Atualmente é uma área protegida. Ali, notamos que a altitude começa a subir, a 2.719 metros e sua localização é muito próxima à divisa com o Chile, fazendo fronteira com o Parque Provincial Tupungato (nome do vulcão inativo) e o Parque Provincial Aconcágua.

A ponta natural fica encrustada nas montanhas
O rio passa bem embaixo da formação geológica

Por fim, vem a atração principal, a visita ao Parque Provincial Aconcágua, que serve de ponto de partida para expedições de montanhistas experientes. Porém, os passageiros desse tour podem fazer o mini trekking opcional que leva até o mirante de observação do Aconcágua, com duração total de cerca de 40 minutos.

A bela Laguna Espejo e outras podem ser admiradas ali também. A montanha atinge impressionantes 6.962 mil metros. Importante ressaltar que nessa região a altitude já é bem mais alta, mesmo na base do parque, por isso a trilha é feita com moderação, em ritmo devagar liderado pela guia.

Mini trekking ao Aconcágua
O Cerro Aconcágua chega a 6.962 metros
Parque Provincial Aconcágua

O passeio inclui parada para almoço (valor da refeição deve ser pago na hora em dinheiro) na cidadezinha de Las Cuevas, fronteira com Chile, custa cerca de 40 reais por pessoa. Esse tour pode incluir a visita ao Cristo Redentor de los Andes a 4.200 m de altitude, se as condições climáticas permitirem. No dia que fizemos o passeio não foi possível chegar até lá. Valor do tour a partir de 600 pesos argentinos.

Informações:

Agência Operadores Mendoza – mendozaviajes.com/

+ Roteiro de fim-de-semana em Buenos Aires

 

Centrinho de Mendoza

O centro de Mendoza é bem agradável de se passear, com ruas de pedestres repletas de restaurantes, bares e cafés. Lojas de artigos de couro e souvenirs também estão reunidas ali.

Centro de Mendoza, Argentina
Plaza Independência em Mendoza

A Plaza de Independência  merece uma passadinha, e como curiosidade, vale entrar na Pasaje San Martin, um dos edifícios mais antigos da cidade que data de 1926. Os vitrais franceses no interior da galerias são muito bonitos.

Ruas de pedestres em Mendoza e o prédio do Pasaje San Martín

Informações:

Ente Turismo Mendoza – www.turismo.mendoza.gov.ar/

 

Kumelkan Wine & Olive Spa

Para completar os dias em Mendoza, com degustações de vinho e caminhadas, nada melhor do que um spa cujos tratamentos são à base de vinho e óleo de oliva, outra especialidade da região. Massagens com pedras quentes também estão no menu de tratamentos, além de saunas, ducha escocesa, piscina aquecida e até hidromassagem com vinho orgânico.  Depois disso tudo, é só abrir uma garrafa de Malbec acompanhada de uma boa parrilla argentina!

Informações:

www.kumelkanspa.com

Kumelkan Wine & Olive Spa

 

*O Le Touriste esteve em Mendoza à convite do Turismo Mendoza

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

    Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

    Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easy Sim 4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta