América do Sul, Chile

O que fazer em Santiago, Chile: 6 atrações imperdíveis

Viajar para o Chile, seja para qual for a cidade, muitas vezes significa uma passagem pela capital Santiago. Há quem fique alguns dias para explorar melhor a cidade, ou quem faça um roteiro mais enxuto de 1 ou 2 dias para conhecer os principais pontos, antes de seguir viagem para o deserto ou para algum resort de ski. Estive em Santiago por 2 dias antes de conhecer o Deserto do Atacama (confira nossa matéria sobre o Atacama). A cidade, que está sob os pés da Cordilheira dos Andes, mistura um certo ar europeu com um toque latino.   Cheia de atrativos, os passeios incluem prédios históricos bem conservados, vinícolas, mirantes, bons restaurantes, museus, o Oceano Pacífico de um lado e a Cordilheira dos Andes do outro. Veja aqui 6 atrações principais de Santiago e cercanias.

SANY2382
Santiago, capital do Chile

6 ATRAÇÕES DE SANTIAGO DO CHILE

1 – Plaza de Armas e Mercado Central

A Plaza de Armas é considerada o “Coração de Santiago”, pois foi a partir dela que a cidade se desenvolveu. Além da sua beleza, da Plaza podem ser vistos alguns dos principais edifícios históricos da capital: o Palácio Presidencial de La Moneda, a Catedral Metropolitana, o prédio da prefeitura de Santiago, o Correio Central, a Casa Colorada, o Museo de Santiago, o antigo prédio do Congresso Nacional, a Real Casa de Aduanas, o Museu Pré-Colombiano, o Tribunal de Justiça, o Palácio da Corte Real e o Museu Histórico Nacional. A 600 metros da Plaza de Armas está o Mercado Central, onde o turista tem a possibilidade de conhecer as diversas cores, sabores e a iguarias do Oceano Pacífico que banha o país de norte a sul. Declarado Monumento Nacional em 1984, esta área é utilizada para o comércio de produtos desde 1817.

SANY2371
Plaza de Armas

2 – Cerro San Cristobal, Bellavista e Casa de Pablo Neruda

O Cerro San Cristobal é o ponto ideal para avistar a cidade de Santiago com a Cordilheira dos Andes ao fundo. A 880 m de altitude, é sede do santuário e da estátua da Virgem de la Imaculada Concepción. Situado no bairro boêmio de Bellavista, bem próximo ao centro da cidade, o local pode ser acessado a pé, de carro ou pelo funicular. A duas quadras dali fica a Casa Museo La Chascona, onde morou Pablo Neruda. O bairro de Bellavista também é o destino para quem quer curtir a noite de Santiago, pois está repleto de alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade.

colagem2
Jardins do Cerro San Cristóbal
colagem
Subindo o Cerro San Cristóbal de funicular e Santiago vista de cima

 

SANY2429
Fachada da Casa de Pablo Neruda

O bairro de Bellavista também é o destino para quem quer curtir a noite de Santiago, pois está repleto de alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade.

SANY2437
Bairro Bellavista reune diversos bons restaurantes

3 – Sky Costanera

Inaugurado em agosto de 2015, é o prédio mais alto da América Latina, com 300 metros de altitude e uma vista de 360 graus de Santiago. Em menos de um minuto, os elevadores chegam ao topo do mirante. São 61 andares mais um lance de escada rolante para chegar lá. O último andar é aberto e a vista é impressionante, com indicativos dos principais pontos turísticos. O prédio está no Mall Costanera Center, o mais novo e moderno shopping center do Chile, localizado no bairro da Providencia, que recebeu o apelido de “Sanhattan”, uma mescla de Santiago com Manhattan, por conta dos arranha-céus modernos que caracterizam o bairro mais cosmopolita da cidade.  Venda de ingressos e informações: www.skycostanera.cl

Nova Imagem
Sky Costanera (Divulgação: B4t)

4 – Valle Nevado (www.vallenevado.com/pt/)

Maior centro de esqui da América do Sul, o Valle Nevado é uma atração imperdível para quem deseja conhecer a Cordilheira, tanto no verão quanto no inverno. Tendo sua base situada a 3.000 metros de altitude, no verão o complexo oferece a seus visitantes atividades ligadas aos esportes de aventura, como trekking, mountain bike, cavalgada, além do passeio de teleférico e observação de condores, as aves típicas dos Andes. No inverno, os turistas têm à disposição a maior estrutura de neve do Chile, com capacidade para hospedar mais de 800 pessoas, 44 pistas de todos os níveis, 15 teleféricos, 6 restaurantes, 6 bares, 8 condomínios de apartamentos, spa, fitness center, piscina aquecida, escola de esqui para adultos e crianças.

imagem_release_605021
Valle Nevado (Divulgação: B4t)

5 – Vinícolas

O Chile é conhecido pela grande qualidade do vinho produzido em suas parreiras e, bem próximo a Santiago, há diversas opções onde os visitantes podem inclusive degustar os principais rótulos das vinícolas Concha y Toro, Undurruaga, Montes, Santa Cruz e Santa Rita. A dica é contratar o serviço de algum receptivo que oferece ao turista vários roteiros diferentes.

Vinícola Undurraga (Divulgação: B4t)

6 – Viña del Mar e Vaparaíso

Quem está hospedado em Santiago e deseja conhecer o Oceano Pacífico tem como boas opções as cidades de Viña del Mar e Valparaíso, localizadas a pouco mais de 100 Km. Viña del Mar é o principal balneário chileno, enquanto Valparaíso, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2003, se destaca pela arquitetura e pela vida cultural bastante ativa, principalmente em virtude dos museus de Belas Artes, do Mar Lord Thomas Cochrane, de História Natural e La Sebastiana (outra casa de Pablo Neruda), além da Galeria Municipal de Arte. Assim como o passeio às vinícolas, a dica é consultar a Turistik, que oferece esse tour saindo de Santiago.

imagem_release_605041
Valparaíso, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO (Divulgação: B4t)

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easysim4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars


Anúncios

10 comentários em “O que fazer em Santiago, Chile: 6 atrações imperdíveis”

  1. Adorei o post Mônica 🙂 estou planejando ir para o Chile em Agosto (assim que tiver alta do meu tratamento, afinal quero comemorar com uma viagem) e vou seguir suas dicas. Apenas uma dúvida, cheguei a ver fotos em outros blogs, das quais me parece que a vista de Santiago estava sempre com uma espécie de neblina, não sei se é isso ou se é poluição. Tinha fotos das quais nem era possível ver a Cordilheira dos Andes. Quando vc foi para Santiago, vc chegou a ter um tempo bem aberto? Pelas suas fotos, que aliás gostaria de parabenizá-la, pois estão lindas, o tempo estava bem aberto 😉 Outra curiosiadade, como vc fez para ir até o Valle Nevado? Saberia me informar se é possível ir de ônibus, se tem algum meio de transporte público? Eu vou fazer minha viagem solo, então não terei condições de alugar um carro 🙁
    Desculpe-me pelo longo comentário.
    Beijos.

    1. Oi Josi!

      Vai ser linda sua viagem e com certeza um momento muito feliz! Fico feliz de ver vc animada fazendo planos de viagem.
      Então, Santiago é um lugar que infelizmente tem muita poluição. Mas acho que dei sorte e quando subi o Cerro não estava com tanta poluição e a vista foi até bonita, tinha visibilidade. Isso só mesmo lá dará pra saber como estão as condições climáticas né! A cordilheira dos Andes consegui ver da janela do avião, uma das melhores formas de apreciar essa vista. Ah! Fui no verão, então talvez isso tenha ajudado ao tempo estar bom e com sol.
      Sobre o Valle Nevado, ainda não fui, inclui nas dicas por ser uma das principais atrações do Chile e muitos vão a partir de Santiago.
      Qualquer outra coisa que vc queira saber me fala. Vou tentar obter mais infos sobre o Valle Nevado.

      Bjs!!!

      1. Muito obrigada Mônica por esclarecer minhas dúvidas. Que pena que Santiago está sofrendo com esse mal da poluição 🙁 Espero ter a mesma sorte que vc, e que consiga ter uma vista privilegiada da cidade.
        Beijos 🙂

      2. Tenho certeza que sim. Tente ir no prédio Sky Costanera, pois como é o prédio mais alto, oferece uma vista ainda melhor. Bjs!

Deixe uma resposta