Europa, Rússia

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia: 21 programas imperdíveis

Moscou é a maior cidade da Rússia e um dos lugares mais lindos – senão o mais lindo – que você vai conhecer na vida. Parece exagero mas não é. Os antigos czares e governantes se certificaram de que as grandiosas construções e monumentos idealizados por eles tornariam a cidade a mais deslumbrante e imponente.  O que ver e fazer em Moscou na Rússia, 21 programas imperdíveis para fazer na capital russa.

Um exemplo é o conjunto de prédios chamados de “As setes irmãs”. Pense no Empire State Building e multiplique-o por 7, sendo que cada uma das torres é gigantesca também na base, horizontalmente. Assim é Moscou, grande em tudo, em história, em riquezas e em arquitetura. Agora, a cidade vai viver mais um momento marcante ao sediar a Copa do Mundo Rússia 2018. Estivemos lá e contamos no post abaixo o que ver e fazer em Moscou.

21 programas imperdíveis para fazer na capital russa

Praça Vermelha – a tão famosa praça conhecida por grandes desfiles militares durante a época da União Soviética. Ela fica exatamente anexa ao Kremlin, separando a cidadela real do bairro de Kitay-Gorod, uma área história de Moscou. Considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, ao redor da praça estão localizados diversos pontos históricos a serem visitados, como o Mausoléu de Lênin.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Entrada da Praça Vermelha em Moscou

dsc_11728986375527110350406.jpg
Detalhes da Praça Vermelha

Catedral de São Basílio – considerada a mais bela igreja de Moscou, é uma das atrações mais procuradas pelos turistas. A catedral é mesmo deslumbrante com uma arquitetura que não deixa ninguém ficar indiferente a ela. Está localizada na Praça Vermelha, foi construída em 1561 e o significado de suas torres com as cúpulas no topo é uma alusão à chamas em direção aos céus. Também é Patrimônio Mundial pela UNESCO.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Catedral de São Basílio, Moscou

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia
Interior da Catedral de São Basílio

Mausoléu de Lenin – Não é possível fotografar o interior do mausoléu onde está embalsamado o pai da Revolução Russa, Lênin, morto em 1924. Fica na Praça Vermelha. O nome do antigo chefe de governo russo era, na realidade, Vladimir Ulyanov, mas ficou conhecido como Lênin por causa da cidade onde nasceu: Leninskiye.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Mausoléu de Lênin na Praça Vermelha

Shopping GUM – um dos shopping mais antigos da Rússia e certamente o mais bonito. Seu interior é tão bonito quanto sua fachada, localizada na Praça Vermelha. Ali só encontramos lojas de grifes famosas, restaurantes e cafés refinados. Um luxo.

+ Onde fazer compras em Moscou

Nikolskaya Street – Uma das mais conhecidas ruas de Moscou, muito agradável de passear por ela. Fica atrás do Shopping GUM e tem outras lojas e cafés ao longo da via, como a patisserie francesa Ladurée. É uma graça principalmente quando começa a escurecer e as suas milhares pequenas luzes coloridas são acessas.

dsc_11399034201338345260562.jpg

Nikolskaya Street, Moscou

Catedral de Kazã – mais um belíssimo exemplo da impressionante arquitetura ortodoxa russa. A fachada é tão rica em detalhes que mais parece um bolo de noiva. Fica próxima da saída da Praça Vermelha.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Catedral de Cazã, Moscou

dsc_11658554978344037374205.jpg
Detalhes da Catedral de Kazã

Museu Histórico do Estado – Mais uma atração da Praça Vermelha. Esse museu é muito interessante, exibe peças arqueológicas de diversas épocas da humanidade e do povo russo. Veja a impressionante fachada desse edifício e diga se não é uma das coisas mais deslumbrantes que existem em termos de arquitetura?!

img_91604960850682033736644.jpg

Museu Histórico do Estado em Moscou

dsc_13562699340965091303019.jpg
Interior do Museu Histórico do Estado (Moscou, Rússia)

Museu da Guerra Patriótica de 1812 – esse museu, que também está abrigado num prédio que é uma obra de arte, conta passo-a-passo todo o episódio da guerra das tropas de Napoleão contra a Rússia, que saiu vencedora. Diversos documentos, artefatos de guerra, canhões, vestimentas e acessórios usados pelos soldados na guerra, e até peças do Império Napoleônico estão em exibição.

Jardins de Alexandre – Como toda a área ao redor do Kremlin, os Jardins de Alexandre são belíssimos. Com diversas fontes, é ali que acontece a Troca da Guarda.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Jardins de Alexandre no Kremlin

Troca da Guarda no Monumento ao Soldado Desconhecido – Vale a pena estar em frente a esse monumento ao meio dia quando acontece a Troca da Guarda e assistir aos breve desfile. O famoso “passo de ganso” dos militares e a solenidade que eles transmitem é algo bacana de presenciar.

pixlr8269589845238412937.jpg

Troca da Guarda em Moscou

Kremlin e Complexo arquitetônico das igrejas do Kremlin – a principal atração de Moscou não decepciona, ao contrário, é ainda mais impressionante pessoalmente. No interior dessa fortaleza, onde está o Palácio Presidencial, há várias atrações, como o museu do Palácio do Arsenal, que exibe toda a riqueza e costumes da época dos imperadores com carruagens revestidas de ouro e as joias da coroa, até o maior sino do mundo. O ingresso para cada atração pode ser comprado separadamente, ou então, podemos comprar um ingresso só para todas elas.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Kremlin de Moscou, Rússia

img-20180426-wa00178025971222410705001.jpg
O maior sino do mundo no interior do Kremlin

As igrejas ortodoxas russas são belíssimas e se destacam na paisagem urbana de Moscou. Dentro do Kremlin podemos apreciar várias delas. É preciso comprar o bilhete para essa atração específica do Kremlin.

img_92138625323970578241177.jpg

Igrejas do Kremlin

img_92198051153068493144275.jpg

O conjunto de prédios da Praça Vermelha e as muralhas do Kremlin iluminadas à noite é umas das coisas mais lindas que existem.

 

Palácio do Arsenal do Kremlin – suntuosidade e riqueza é o que encontramos nesse que é um dos melhores museus de Moscou. Também é possível comprar o bilhete somente para essa atração. Em exibição, o acervo de obras de arte que pertencia à dinastia Romanov, carruagens incríveis revestidas de ouro, as joias da coroa, vestimentas dos antigos czares e czarinas, loucas e móveis. Uma coleção espetacular que mostra bem como viviam os antigos imperadores russo e toda a riqueza da corte. Não é permitido fotografar o interior.

Museu da Cosmonáutica – um dos museus mais legais de Moscou. Ali podemos ver toda a trajetória da corrida espacial entre União Soviética e Estados Unidos, e aprender detalhes sobre as conquistas espaciais russas, é claro. Desde o grande feito do astronauta Yuri Gagarin, primeiro homem a ir ao espaço, até a Estação Espacial MIR, passando pelas três cachorrinhas que foram lançadas ao espaço. A primeira delas, uma Husky Siberiano chamada Laika, foino primeiro ser vivo a orbitar a Terra em 1957.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Museu da Cosmonáutica em Moscou

Fallen Heroes Park – o nome oficial desse parque é Muzeon Park of Arts. Entre outras atrações, é onde diversas estátuas de ícones do passados são exibidas, tendo sido levadas para essa área após a queda da União Soviética. Figuras como Stalin e Lênin foram retiradas de praças públicas e alojadas ali. É o maior museu a céu aberto da Rússia.

dsc_16586041544910308177309.jpg

Fallen Heroes Park, Moscou

dsc_16773296456415226639646.jpg
Estátua de Lênin

Catedral de Cristo Salvador – um dos cartões postais de Moscou. Esse templo da igreja ortodoxa russa com cinco cúpulas douradas foi construída após a vitória sobre o exército de Napoleão, no início do século XIX. Foi uma homenagem do Imperador Alexandre I aos soldados russos.

Gorky Park – um dos parques da cidade onde também vemos grandes estatuas e monumentos. Fica as margens do rio Moscou. É também parte de um dos roteiros turísticos oferecidos aos visitantes: o walking tour pela Moscou Comunista.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Um dos grandiosos monumentos de Moscou, capital da Rússia

Cruzeiro noturno pelo rio Moscou – esse passeio é imperdível. Alem de poder navegar pelo emblemático rio Moscou, podemos admirar durante duas horas os deslumbrantes prédios moscovitas todos iluminados, vistos de ângulos exclusivos.

+ Confira como é o cruzeiro pelo rio Moscou

Teatro Bolshoi e Praça do Teatro – o Bolshoi é o mais conceituado ballet do mundo. É possível comprar ingressos antecipados para assistir a algum espetáculo. Na praça do teatro, há também monumentos históricos da época do comunismo, como uma grande estátua de Karl Marx.

dsc_13732730022983815505317.jpg

A estátua de Karl Marx à esquerda e o Teatro Bolshoi ao fundo

Arbat Street e as 7 Irmãs – uma das ruas principais, muito extensa e repleta de lojas de souvenir, prédios históricos e restaurantes. O Hard Rock Café de Moscou fica na Arbat Street. Saindo da Arbat Street, logo damos de cara com um dos prédios do conjunto conhecido como “As 7 irmãs de Stalin”. São 7 torres (arranha-céu) monumentais erguidas em vários pontos da cidades que visavam mostrar de forma completamente exagerada o progresso soviético e força do comunismo. Cada prédio é monstruoso, ocupando um quarteirão inteiro. Para conseguir ver toda a estrutura, é necessário estar em um ponto afastado. Hoje em dia cada torre tem uma função diferente. Alguns foram transformados em hotéis, dizem que uma das torres esconde um bunker no seu subsolo. O prédio no qual entramos no saguão é onde funciona o Ministério das Relações Exteriores.

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia

Arbat Street

De noite, quando podemos ver em pontos diferentes da capital as torres iluminadas, elas cumprem sua função inicial: deixam qualquer um de queixo caído.

Bunker 42 – esse bunker é conhecido como um dos segredos de Moscou, nem todo visitante sabe de sua existência muito menos onde ele está localizado. É o bunker original usado por Stalin e também durante o período da Guerra Fria. É possível fazer um tour guiado mas nem todas as visitas são em inglês. O bunker fica a 20 andares abaixo do solo, já que era um abrigo antiaéreo, com paredes de cimento revestida de metal. No interior vemos um centro de controle aéreo, um abrigo com capacidade para até 600 pessoas por até 3 meses. Vemos também passagens secretas, uma ogiva nuclear desativada e o escritório usado por Stalin. É um lugar impressionante. Fica próximo da estação de metrô Taganskaya.

Estações de Metrô de Moscou – As estações de metrô de Moscou são um capítulo à parte. Famosas no mundo todo, boa parte delas foi construída na década de 30 durante o período em que Stalin esteve no poder, e foram feitas para impressionar. A intenção de tamanha opulência nas estações era mostrar à população como o sistema comunista era próspero e bem sucedido. Eram chamadas de “palácios do povo” . Todas as estações são bonitas, com decoração diferenciada, painéis históricos e lustres belíssimos. O tour por elas é um passeio obrigatório na cidade, até porque, o metrô é um ótimo meio de se deslocar por Moscou (valor do bilhete único: 35 rublos).

Estação de metrô Arbatskaya, Moscou

Algumas das estações que se destacam ainda mais são a Ploschad Revolustii, Mayakovskaya e Arbatskaya. Uma curiosiade é notar o comportamento das pessoas na Ploschad Revolustii. Nessa estação, repleta de estátuas de bronze sob os arcos da plataforma retratando o povo russo, uma delas é uma escultura de um cachorro e praticamente todo mundo que passa por ele coloca a mão no seu focinho. Lemos mais de uma versão para o motivo que leva os moscovitas a fazerem isso, ao que parece, é para terem sorte.

Atenção – apesar da Copa do Mundo ser realizada esse ano na Rússia, o turista não vai encontrar tudo sinalizado com placas em inglês, nem nos monumentos turísticos nem no metrô. Vimos apenas algumas estações com as placas traduzidas. Para ajudar a entender o metrô, é fundamental baixar o aplicativo que indicamos no seguinte post:

+ Rússia: 13 aplicativos de viagem grátis

O que ver e fazer em Moscou, na Rússia
Estação Ploschad Revolustii

+ Rússia: dicas essenciais de viagem

Para trocar dinheiro na Rússia, os locais oficiais são os bancos. Na Arbat Street há locais para o câmbio. De um modo geral, a moeda russa é favoravel para os gastos, bem mais em conta do que no resto da Europa. Um real equivale a cerca de 16 rublos.

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easysim4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

Ticket para principais atrações do mundo

Anúncios

5 comentários em “O que ver e fazer em Moscou, na Rússia: 21 programas imperdíveis”

    1. Monica Barros disse:

      Essa foi caprichada mesmo 🧡💛

Deixe uma resposta