6 Parques em São Paulo para curtir ao ar livre

6 parques em São Paulo para curtir ao ar livre 

Cidade grande e agitada, São Paulo é lembrada por grandes prédios, trânsito pesado e ritmo corrido. Mas existem muitos parques em São Paulo para curtir ao ar livre, a cidade está constantemente incentivando seus moradores a adquirir hábitos mais saudáveis e frequentar as áreas verdes. Na sua próxima visita a Sampa, aproveite também as áreas ao ar livre repletas de árvores, confira 6 parques em São Paulo para curtir ao ar livre. 

Parque Trianon, SP

Parque Burle Marx – Basta nos aproximarmos do Parque Burle Marx para termos a sensação de estarmos fora de São Paulo. A atmosfera do ar muda completamente ao chegar ali, o verde toma conta da região e a tranquilidade contagia. E olha que tudo isso em pleno Morumbi, um dos bairros mais nobres de SP. Sorte de quem mora na área e pode não só desfrutar do ar fresco mas também da paisagem. Das janelas da vizinhança, só se vê verde. Um privilégio. A grande função do parque é preservar trechos da Mata Atlântica paulista. Através de trilhas, é possível contemplar a natureza do lugar, que possui 138.3 mil m², que possui até uma horta comunitária. Oferece também área para piquenique.

End: Avenida Dona Helena Pereira de Moraes, 200 – Morumbi

Parque Burle Marx no Morumbi

+ Palácio Tangará ao lado do Parque Burle Marx

Parque do Carmo –  Uma área enorme da zona leste de São Paulo inaugurado em 1976, esse parque florestal enorme (maior que o Ibirapuera) tem um lago central e área especial para as crianças brincarem. Mais de 1 milhão de m²  de área verde e arejada, com amplas pistas para caminhada e corrida. de O destaque aqui é o belo Bosque das Cerejeiras, onde anualmente ocorre o festival das Sakuras organizado pela comunidade japonesa.

End: Avenida Afonso de Sampaio e Sousa, 951 – Itaquera

Um dos lagos do Parque do Carmo
Bosque das Cerejeiras no Parque do Carmo, SP

+ Conheça o Bosque das Cerejeiras no Parque do Carmo

Bosque das Cerejeiras em São Paulo

Jardim da Luz –  A região da Luz em São Paulo também guarda algumas surpresas, como um jardim em estilo antigo bem em frente a famosa Estação da Luz.

Lago do Jardim da Luz

Um cantinho adorável que foi totalmente revitalizado, vale passear por lá ao visitar a Pinacoteca de São Paulo que fica ao lado. Um lugar que nos remete a épocas mais antigas e tranquilas, e nos passa um certo glamour da época em que foi inaugurado, no início do século 19. É o mais antigo parque da capital paulista.

Jardim da Luz em São Paulo
Coreto do Jardim da Luz
Jardim da Luz em São Paulo

End: R. Ribeiro de Lima, s/n – Bom Retiro

Parque Ibirapuera – O mais famoso de São Paulo dentre esses 6 parques em São Paulo para curtir ao ar livre, é o grande pulmão verde da cidade. Ali é possível praticar os mais diversos esportes, andar de bicicleta e visitar uma série de atrações que oferecem atividades culturais, como o Museu de Arte Moderna, a Bienal e a Oca, entre outras. Possui pista para pedalar, lago artificial, bancos de madeira para descanso e campo de futebol. É endereço do Ginásio do Ibirapuera e também do Monumento às Bandeiras. Um grande obelisco se destaca na cidade. O Ibirapuera é um parque que tem muitas caras e muito o que aproveitar no seu interior. Não à toa, em 2015 foi eleito um dos melhores parques do planeta pelo renomado jornal The Guardian. Todo fim de ano o parque apresenta uma grande árvore de Natal, que atrai ainda mais visitantes e fica iluminada à noite.

+ 10 opções onde comer em São Paulo

Oca do Parque Ibirapuera

End: Av. Pedro Álvares Cabral – Vila Mariana

Parque Trianon – Esse surpreende por estar localizado em plena Av. Paulista, a mais agitada do país e centro nervoso da cidade. Seu nome oficial é Parque Tenente Siqueira Campos e foi inaugurado em 1892, um ano após a abertura da Av. Paulista. Esse espaço verde presenteia moradores e visitantes com um pequeno oásis de tranquilidade. Em seu interior só ouvimos o canto dos pássaros. Árvores centenárias como o jequitibá e jatobá resistem e nos dão o abrigo perfeito em dias de sol. Aproveite para curtir o parque após visitar o Masp, o Museu de Arte de São Paulo, que fica bem em frente.

Mata do Parque Trianon

+ Hotel Tivoli Mofarrej perto do Trianon e da Paulista

End: Rua Peixoto Gomide, 949 – Cerqueira César

Parque da Independência – Local perfeito para curtir com a família, um dos mais bacanas entre os 6 parques em São Paulo para curtir ao ar livre. Esse parque, que abriga o Museu do Ipiranga, é rico em história, sendo parte do Patrimônio Histórico Cultural Brasileiro. É um local muito significativo para nosso povo, pois foi ali, às margens do Rio Ipiranga, que D. Pedro I declarou a independência do Brasil, dando o famoso “Grito do Ipiranga”.

Museu do Ipiranga no Parque da Independência

É sempre interessante ver com os próprios olhos lugares que são um marco na história. As palavras iniciais do nosso hino “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas, de um povo heroico o brando retumbante”, narra os fatos do que se passou nesse mesmo lugar séculos atrás.  O parque foi inaugurado em 1989 e apresenta um grande jardim muito bem organizado, pista de Cooper, aparelhos de ginástica, playground, sanitários, chafariz com fonte e cascata, boas áreas para as crianças brincarem (por ali ainda se vê a brincadeira com carrinho de rolimã). O parque é palco para inúmeras atividades e eventos, como maratonas. O Monumento Independência ou Morte, onde podemos admirar a chama eterna é imponente e merece um registro fotográfico. O Rio Ipiranga pode ser visto de uma ponte em frente ao parque.

Jardins do Parque da Independência no Ipiranga, SP
Parque da Independência, SP
Chama eterna do Monumento à Independência

End: Av. Nazareth, S/N – Ipiranga

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easy Sim 4U

Alugue carro no Brasil e exterior pelo Rentcars

Anúncios

3 thoughts on “6 Parques em São Paulo para curtir ao ar livre

  1. Belíssima matéria: São Paulo ficou ainda mais bonito.

Deixe uma resposta