Europa, Itália

Dicas da Região do Vêneto na Itália

Dicas da Região do Vêneto na Itália. Já pensou em se casar na Itália, num daqueles castelos históricos de sonho? Ou pedalar tendo como cenário montanhas majestosas e paisagens que mais parecem pinturas? Ou ainda, ir em busca dos mistérios da fé e visitar lugares que tem uma força e beleza tão grandes que tocam fundo na alma? Pois isso tudo pode ser feito em uma região muito especial da Itália: o Vêneto.  Formada por sete províncias, é mais conhecida por causa da famosa cidade de Veneza, com seus canais, gôndolas e corredores tão estreitos que para andar em suas ruas é preciso seguir uma certa ordem do “trafego” à pé. Foi justamente com a intenção de divulgar todas essas atrações que o Secretário de Turismo do Vêneto, Marino Finozzi, veio ao Brasil para uma entrevista coletiva. Ele acredita que aqui existe um grande potencial para aumentar o número de turistas na Itália, tendo em vista os laços entre os dois países, o catolicismo e o grande número de imigrantes italianos que se instalou no sul do Brasil a partir de 1800. Com isso, ele espera que em 2020 o número de brasileiros viajando pela Itália chegue a 20 milhões. Confira Dicas da Região do Vêneto na Itália:

img1

 

Bardolino - Lungolago (2)
Motivos não vão faltar para visitar essa região. É a primeira mais procurada na Itália e a sexta mais visitada na Europa. O turismo é mesmo muito rico no Vêneto. O visitante pode escolher entre roteiros enogastronômicos, viagens voltadas para o esporte, um roteiro religioso ou ultra romântico. Seguem então algumas dicas da Secretaria de Turismo de Vêneto para quem estiver pensando em planejar uma viagem para lá.

Veneza

Mais do que famosa, é um lugar único no mundo. Com suas lagunas e canais, é considerada um dos lugares mais românticos que existe. Caminhar por suas ruelas ou passar por baixo de uma de suas 400 pontes durante um passeio de gôndola é o sonho de muita gente. Seguindo de vaporeto pelo Grande Canal, o principal de Veneza, o visitante é levado à Praça São Marcos e sua rica Basílica, ao Palácio Ducal, ao Museu Correr, a cafés famosos e quase tão antigos quanto o tempo, como o secular Florian, e prédios onde personalidades históricas moraram. O carnaval de Veneza também é conhecido mundialmente, com suas belíssimas máscaras ricamente decoradas. Mesmo quem for fora do carnaval, vai encontrar nas inúmeras lojas de souvenir essas máscaras para comprar. Para conseguir ver a Praça San Marcos um pouco mais vazia, já que a cidade fica muito cheia de turistas, o ideal é passar por lá bem cedinho de manhã. É possível subir ao Campanário também e apreciar a vista geral. Ao entardecer, locais como o Hotel Belmond Cipriani são um lugar de sonho para tomar o famoso drinque Spritz, à base de laranja e Prosecco, e ver o sol se por. Quem quiser pode ainda reservar um passeio fora do centro histório, visitando as ilhas de Murano, Burano e Torcello.

IM000183
IM000216

Isso sem falar nas praias que a região oferece, não muito conhecidas dos turistas brasileiros. Desde o Lido com praias e estações termais, a praia de Caorle, ou ainda Eraclea Mare, chamada de “pérola verde”, propiciam lindas vistas do Mar Adriático, possuem ótima estrutura para os banhistas e de quebra centros históricos lindíssimos.

Praia em Vêneto

 

Dolomitas

Essas montanhas, declaradas como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, são de uma beleza ímpar. Seus belíssimos picos e os pré-Alpes fazem de seu cenário um eterno cartão postal. No inverno, pode-se esquiar num das pistas do complexo Dolomiti Superski, e aproveitar para ter um visual completo da região num dos teleféricos. No verão, a oportunidade de fazer um passeio de barco pelas águas cristalinas dos lagos é a grande pedida. É também um lugar ideal para caminhadas, passeio à cavalo, trekking e passeios pelas ciclovias. Imagine ainda que nesse lugar, além de tudo isso, existe a “Rainha das Dolomitas”. Trata-se de Cortina D´Ampezzo, montanhas únicas no mundo e também declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Cortina é um lugar elegante, com requintado comércio, e ao mesmo tempo é uma cidade pequena e tranquila. É considerada parte do Best of the Alps, uma associação que reúne 12 localidades de montanha mais refinadas dos Alpes.

img7

 

Região montanhosa do Vêneto

 

Ski map Val Comelico

 

Seguro Viagem pela Real Seguros 

Logo REAL seguro viagem

Verona

Talvez não exista nenhum outro lugar que remeta tanto a uma história de amor como Verona. Romeu e Julieta eternizaram essa cidade, que atrai milhares de turistas querendo selar seu romance. O grande chamariz é a visita à Casa di Giulietta, uma casa medieval que teria inspirado a lendária história narrada por Shakespeare. Lá também existe um dos mais importantes anfiteatros italianos, a Arena. Ainda hoje funciona como teatro.

img14

 

Lago di Garda

No Lago di Garda, o forte são passeios de barco pela região. Ele é o maior lago da Itália, tem um clima ameno, sendo bom para visitas ao longo do ano todo. Com cenário mediterrâneo coroado pelos Alpes, seu encanto maior está na placidez de suas águas. Praia e sol também são atrações desse lugar, com cem quilômetros de praias belíssimas, como em Bibione. Contam com excelente infraestrutura hoteleira e também estações termais. Com lugares como Malcesine e Punta San Vigilio, é um verdadeiro cenário de conto de fadas.

Nova Imagem

 

Malcesine - Panoramica

 

Malcesine - Castello

 

Rio Pó e seu Delta

O Parque do Delta do Pó tem uma paisagem extraordinária e natureza intacta. O rio Pó deságua no Mar Adriático, e sua extensão entre rios e lagunas é rica em paisagens como dunas, canaviais, campos de cultivo e praias de água cristalina. É uma oportunidade de desfrutar genuinamente da natureza. Uma opção dessa área é visitar algumas vilas, como a Vila Badoer em Polesine.

Nova Imagem

 

Termas Euganeas

Trata-se da maior estação termal da Europa, na região do Parque Regional das Colinas Euganeas. Associam tradições milenares a momentos de relaxamento. O pano de fundo são cidades muradas da Idade Média, castelos e colinas de origem vulcânica. Nas termas, as águas brotam de uma profundidade de 2 a 3 mil metros em temperaturas superiores a 80 graus celsius. São muito indicadas para saúde, sem contar a estrutura dos hoteis que oferecem tratamentos de beleza e saúde, solarium e relaxamento em mais de 240 piscinas termais.

img14

 

Cicloturismo e golfe

Para os amantes dos esportes, são 1200 km de ciclovias! Os percursos podem ser divididos em slow bike, que permite apreciar tranquilamente as paisagens, mountain bike, que inclui subidas às montanhas e exige mais preparo, e o giro da Itália, que percorre todo o país. Existem agências que alugam bicicletas e também cuidam de toda a parte do transfer das bikes enquanto o turista vai de uma cidade a outra, transportando também suas bagagens. Dá para tirar proveito também dos aplicativos para celulares que traçam rotas e disponibilizam opções de circuito que podem ser feitos em uma tarde ou em até uma semana. Essa região se destaca também no golfe. É a primeira da Itália a receber o prêmio de “Destino de golfe a descobrir”, com 43 campos em paisagem arrebatadoras que vão de Veneza aos Alpes. A hospedagem também conta com novidades. O visitante pode escolher  se hospedar em uma houseboat. Esse roteiro pode ser perfeitamente combinado com tours gastronômicos. Um aplicativo que pode ajudar a obter mais informações sobre isso é o Golf in Veneto.

Sport - Mountain Bike

 

Golf Clube Ca'Amata, em Treviso, no Vêneto

 

???????????????

 

Roteiro religioso

O turismo religioso é bastante forte no Vêneto. Em Pádua, Treviso ou em Vicenza, o tempo transcorre em outro ritmo, e o que predomina aqui é o ambiente sereno propicio para meditação e férias mais contemplativas. A Basílica de Santo Antonio em Padua é uma das preferidas dos turistas brasileiros que viajam à região, já que esse é um santo muito querido aqui também. Em Teolo, a Abadia de Praglia tem ainda o charme de ficar cercada de girassóis na primavera! Visitar essas igrejas e abadias é unir um roteiro religioso com muita arte e cultura. Para dois países que tem profundas raízes cristãs, como Brasil e Itália, essa é uma região bastante visada por turistas brasileiros.

Religione - Castelletto di Brenzone - S. Zeno 02

 

img12

 

????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

 

Roteiro enogastronômico

A enogastronomia vêneta é de dar água na boca. Pra se ter uma idéia, alguns dos melhores vinhos do mundo são originários da região. É o caso do Valpoliccelo e do Prosecco. Muitos dos queijos mais apreciados, o radicchio, a cereja e o presunto cru são especialidades dessa região também. E a excelência na produção é fundamental, fazendo com que esses produtos típicos tenham em sua maioria a marca DOP e IGP (Denominação de Origem Protegida e Indicação Geográfica Protegida). Isso significa um prestigioso reconhecimento europeu e a certeza de itens levados à mesa com a melhor qualidade e sabor possível. Já os vinhos possuem a marca DOC (Denominação de Origem Controlada), que saem de vinhedos com cerca de 80 mil hectares.

Quejos e vinhos são destaques na gastronomia da região do Vêneto
Prodotti tipici - Chiaretto di Bardolino

 

??????????????????????

 

Com tudo isso, a vontade de viajar e conhecer cada vez mais lugares só aumenta. São cidades muito fartas em história, arte, gastronomia, cenários únicos e cultura enriquecedora. Como mostra um dos videos apresentados pela Secretaria de Turismo de Vêneto, viajar é saber que somos apenas uma presença de passagem, é saber que tudo já se passou e tudo ainda irá passar, é constatar que o mundo é muito grande e desvendá-lo faz parte da trajetória do homem.

Região é composta por belas paisagens

Fotos: Monica Barros e divulgação

.

ORGANIZE SUA VIAGEM AQUI PELO BLOG:

Faça seguro aqui pelo Real Seguro

seguro_viagem_geral_300x250

Reserve hotel aqui pelo Booking.com

booking-com

Compre aqui Chip Pré Pago Easy Sim 4U


5 comentários em “Dicas da Região do Vêneto na Itália”

Deixe uma resposta