Guia completo de Machu Picchu: o que ver no santuário

Atenção às novas regras de funcionamento de Machu Picchu:  A visitação agora só pode ser feita com  a um guia oficial e em horários pré-agendados. A abertura em turnos funciona de forma simples, mais organizada. Turistas devem obrigatóriamente escolher o período em que pretendem visitar o local. Ou de manhã, das 6h às 12h, ou à tarde, de 12h às 17h30. Nesse post, compartilhamos um itinerário com as principais atrações do santuário para orientar os visitantes. Com esse mini guia, já dá para iniciar a visita às ruínas com uma boa noção do que irá ver, e seu significado. Contei recentemente aqui Como chegar à Machu Picchu, e, uma vez lá, tem bastante chão pela frente. O sítio arqueológico é bem grande, com algumas subidas e descidas leves, com exceção da montanha Huayna Picchu com 2.750m. Existe uma espécie de roteiro a seguir lá dentro, para fazer a visita sem perder tempo e passar por todos os principais pontos, como templos e praças. São mais de 20, vou listar aqui um por um, destacando os mais impressionantes.

Matéria atualizada em Jul/17

Foto de Cris Santos
Foto de Cris Santos

 

20141225_095215
Vista panorâmica de Machu Picchu

 

 

IMG_4416

 

GUIA DE MACHU PICCHU

20150128_134939_Richtone(HDR)
Siga a numeração no mapa conforme legenda abaixo

 

 

1) Sector Agrícola

Logo na entrada de Macchu Picchu vemos as terrazas do Setor Agrícola. Construído ao longo da montanha, cada nível se comunicava com o outro através de dutos, por onde passava a água para irrigação, e escadas. Servia para produzir alimentos para a população e plantas para rituais sagrados.

 

IMG_4477
Terrazas de agricultura

 

2) Casa del Guardián

Situada na parte mais alta da Cidade Perdida. Controlava o acesso a Machu Picchu, supervisionava toda a zona agrícola e urbana. Como é um local estratégico, daqui pode-se observar uma vista panorâmica do santuário. A maioria das fotos que vemos de lá, são tiradas nesse ponto.

 

IMG_4425

 

IMG_4427

 

3) Piedra Funerária

É avistada na parte mais alta do setor agrícola. Grande pedra esculpida com uma escada e um altar utilizado para mumificação dos nobres incas

 

4) Puerta Principal

Único acesso à Machu Picchu, já que a cidade inca era totalmente muralhada. Instalada de forma estratégica permitindo a proteção e defesa, e tinha o formato de trapézio como a maioria das construções Incas, ou seja, construções anti sísmicas.

 

IMG_4443

 

5) Cantera

Uma espécie de pedreira, onde os construtores da época se abasteciam de granito. Lá é possível ver o sistema que eles utilizavam para partir as pedras, usando apenas cinzeis e estacas de madeira, já que eles não conheciam o ferro. Incrível!

 

6) Plaza Sagrada

Três recintos importantes compostos pelo Templo de las três ventanas (Templo das três janelas), Templo principal e as habitações dos sacerdotes.

 

IMG_4485

 

7) Templo de las Tres Ventanas

Esse local é um dos mais valorizados em Machu Picchu por ilustrar bem como eram as construções incas e como as utilizavam para fins cósmicos: cada janela representa um mundo, o espiritual (Hana Pacha) – os turistas ouvem falar muito a palavra pacha no Peru, pois significa pátria, e muitos fatos envolvem a Pacha Mama, ou seja, Pátria Mãe -, o mundo terrestre (Kay Pacha) e o mundo inferior ((Uju Pacha).  Essas são as maiores janelas da cidade.

 

IMG_4471

 

8) Templo Principal

Nesta área podemos ver bem o exemplo de precisão do trabalho Inca. Os enormes blocos de pedra são finamente esculpidos, é impressionante como se encaixam perfeitamente. Existem nichos onde eram guardados objetos religiosos. A lateral direita está inclinada devido a erosão sofrida pelas chuvas durante todos os anos em que Machu Picchu ficou abandonada.

 

IMG_4475

 

9) Habitación de los sacerdotes

Em frente ao Templo Principal, como o nome indica, era o local onde os sacerdotes se reuniam para preparar as cerimônias

 

IMG_4413

 

10) Cámara de los Ornamentos

Fica após o Templo dos Sacerdotes e além de guardar objetos religiosos, impressiona por ter uma pedra com 32 ângulos. Muitos acreditam que essa pedra servia para guardar as múmias dos imperadores Incas. Mais um exemplo de maestria da engenharia, com pedras talhadas absolutamente lisas e encaixadas à perfeição.

 

IMG_4462
Detalhe da janela da Câmara, perfeitamente esculpida e encaixada

 

11) Intihuatana

A palavra “inti” significa sol. Intihuatana era o relógio solar da Cidade Perdida. A visita a essa área fica na metade do caminho de todo terreno visitado em Machu Picchu. Para chegar lá é preciso subir uma pequena elevação através de escadas, localizando-se na arte mais alta dessa montanha. A função do relógio solar era controlar as sazonalidades agrícolas. O bloco de pedra já existia no local e foi esculpido ali mesmo. Como eram sábios os Incas…

 

Relógio solar de Machu Picchu
Relógio solar de Machu Picchu

 

12) Plaza Principal

Era aqui que as grandes festas e rituais religiosos eram realizados. No fundo da praça se localizava a casa das virgens do sol. Sim, elas eram escolhidas para sacrifícios humanos nos rituais, prática que era comum a esse povo e cultura.

 

IMG_4453

 

13) Piedra Sagrada

Essa enorme pedra se encontra já na parte próxima do fim do caminho percorrido dentro da cidade inca. Fica entre duas cabanas com teto de palha, cuja finalidade era servir de local de descanso para quem ia iniciar a subida à montanha de Huayna Picchu (logo atrás dessa rocha).

 

IMG_4488

 

14) Huaynapicchu

A imponente e impressionante montanha de Huayna Picchu (alguns usam a escrita Wayna Picchu) se eleva a 2.750 metros acima do nível do mar. Quem consegue vencer a altitude e subir até o topo, numa subida muito inclinada, é recompensado com a vista geral de toda Machu Picchu de um ângulo privilegiado. Não subi já que não costumo fazer trilhas pesadas. Mas todos os visitantes passam ao lado do portão que dá acesso ao início da trilha, e assim podemos ter ideia de sua dimensão. Nessa montanha existem casernas, provavelmente usadas como templos e postos de vigilância. Lá de cima é possível perceber que Machu Picchu tem o formato de um condor.

 

IMG_4469
A montanha de Huayna Picchu

 

15) Acllahuasi

Estas são as casas das virgens do sol. Ali dentro também se produziam muita cerâmica e vestimentas para a nobreza imperial.

20141225_105613

 

16) Barrio de los Morteros

Dentro encontram-se dois monólitos que acredita-se terem sido usados como espelhos d´água para observação do céu

 

17) Templo del Cóndor

Incrível bloco de pedra em formato de um condor, com bico, colar de plumas e asas.  A base era usada como plataforma para mumificação e os nichos serviam para guardar os corpos.

 

Machu-Picchu_Temple-of-the-Condor

 

18) Fuentes

Conjunto de fontes conectadas por sistema de canais. A água provém de um manancial no topo da montanha Machu Picchu. A água era considerada sagrada, e a que jorrava dessas fontes era utilizada em cerimônias religiosas.

 

19) Templo del Sol

Um torreão semicircular, também guardava objetos religiosos. Possui três janelas com propósitos astronômicos, a menor delas é por onde passa o primeiro raio de sol no solstício de inverno em 21 de junho.

 

IMG_4460

 

20) Casa de la Nusta

Essa é a única casa em Machu Picchu que contém dois andares, o que não era comum nessa civilização. Presume-se que nessa casa vivia a Princesa Inca Imperial Nusta, responsável pela educação das virgens do sol.

 

IMG_4459
Acesso a Casa de la Nusta e Templo del Sol

 

21) Mausoleo Real

Localizado abaixo do Templo del Sol, no formato de caverna. As teorias afirmam que era local destinado a veneração de múmias da nobreza Inca.

 

22) Palácio Real

Conjunto de habitações onde acredita-se que vivia a autoridade máxima do santuário de Machu Picchu. A precisão com a qual foi construído, o tamanho dos blocos de pedra e a qualidade do material levam a crer que foi feito para uma pessoa de suma importância naquela civilização.

 

IMG_4458

 

Certamente depois de visitar Machu Picchu, construída no século XV, o visitante fica ainda mais impressionado ao ver tudo isso de perto. Imagine então a surpresa do arqueólogo americano Hiram Bingham ao “descobrir” essas ruínas em 1911 durante uma expedição. Com bastante vegetação cobrindo boa parte das construções, a emoção deve ter sido enorme. Com mais de 5 km quadrados, no alto da selva, lugar de difícil acesso mesmo hoje em dia, é realmente fascinante imaginar como os Incas ali chegaram e se assentaram. Depois de Bingham, que hoje dá nome ao trem de luxo que leva até a Cidade Perdida, muitos outros passaram a se aventurar para ver com os próprios olhos esse Patrimônio da Humanidade.

 

IMG_4400
Uma das subidas dentro de Machu Picchu

 

20141225_093037
Cânion do Rio Vilcanota

 

Com a excelente estrutura montada para receber turistas, tudo o que é preciso para fazer a visita é um bom tênis, protetor solar, repelente e água. E algum lanchinho se bater a fome após horas lá em cima. Lembrem-se de que não há banheiros ali dentro. Dependendo da época em que for, uma capa de chuva será necessária também. Fui em época chuvosa porém quase não choveu, peguei dias lindos. Machu Picchu foi uma das atrações da minha wishlist que fiquei muito feliz em conhecer, sobretudo por tê-lo visitado no dia 25 de dezembro, um dia especial num lugar muito especial. E não se esqueça de carimbar seu passaporte logo na entrada do santuário. Após passar a roleta de acesso, em frente à casinha da administração à esquerda, nós mesmos podemos pôr o carimbo na página que quisermos. É uma lembrança muito valiosa, melhor do que qualquer souvenir!

 

Carimbo de Machu Picchu
Carimbo de Machu Picchu

 

 


 

Rodapé posts 2


 

 

 


Anúncios

12 comentários em “Guia completo de Machu Picchu: o que ver no santuário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s